Publicidade

Publicidade

17/11/2009 - 15:50

Menina já pode pedir o garoto em namoro?

Compartilhe: Twitter

rbrb_1539

Tic, tac. Tic, tac. O tempo passa, as coisas mudam, a sociedade evolui. Há algum tempo, era inadmissível pensar na ideia de uma menina pedir um garoto em namoro. Também era complicado acreditar que, um dia, os homens usariam roupas rosa. Quiça usar certos tipos de maquiagem. Enfim, os tempos mudaram, hoje vivemos em um meio bem mais liberal e sem tantas paranóias e cobranças. Nos dias em que ficar é o novo namorar, muitas garotas ainda não sabem ‘rotular’ a relação da qual fazem parte. Por exemplo: você está, há uns quatro meses, junto daquele garoto por quem você se apaixonou. Mas ele nunca te assumiu como namorada. Você, é claro, sempre ficou com um pé atrás e nunca se adiantou para classificar a relação. Uma hora, cansa. Você pode tomar atitude?

Olha, eu nunca vi uma garota pedir um menino em namoro. De verdade, acho que seria superlegal se isto rolasse, afinal, não vivemos mais naqueles padrões de anos atrás. Acredito que alguns garotos iam até gostar de ideia, já que a gente é quem sempre tem que pagar o micão de ir lá e oficializar as coisas (e até passar pela ansiedade de não saber se o pedido vai ser aceito ou não). Não vejo, de forma alguma, nada de errado em ser pedido em namoro. O único problema é: as meninas, no geral, têm uma ânsia por querer adiantar tudo. Dois dias após o primeiro beijo, elas já querem saber de namoro, casa e casório. Nós, claro, não somos tão sonhadores e acabamos sempre nos prevenindo.

Quer saber? Vou contar uma coisa para vocês. Já pedi, em toda a minha vida, três pessoas em namoro. A primeira foi assim: eu, com 14 anos de idade, apaixonado por uma garota, escutei os conselhos de uma prima dela e corri para pedir para namorar. Por MSN. Pois é. A coisa foi fria assim. Óbvio, o namoro não deu certo, mas nós vivemos bons momentos e somos amigos até hoje. Minha segunda namorada foi mais intensa. Estava dentro do teatro com ela quando fiz o pedido. Ela riu de forma constrangedora, atrapalhando o decorrer da peça e tudo mais. Por fim, roxo de vergonha, ela aceitou. O namoro até que durou um bom tempo e provavelmente fez parte de uma das fases mais gostosas da minha vida. O terceiro pedido foi via SMS, no último minuto de um dia dos namorados. A resposta demorou mais de 12 horas para chegar, mas veio pessoalmente. Este último sim ecoa até hoje, apesar de todas as diferenças. Enfim, usei o meu exemplo de vida para dizer que sim, sempre quis ser pedido em namoro, mas nunca aconteceu (fica a dica, tá?).

Para as meninas que querem namorar, mas não veem nenhuma ação por parte do garoto, a dica: não apresse e nem anseie por rotular o que você vive. Ninguém precisa saber a sua situação atual, o que importa é que você viva da forma mais intensa e gostosa possível. Em um bate papo informal, pergunte ao garoto se ‘vocês estão namorando’. Caso ele afirme, ótimo. Caso ele diga que não sabe, faça o pedido. É simples, rápido e – acredite – indolor. Se ele pedir um tempo para pensar, claro, dê todo o tempo do mundo para ele.

E as alianças? Outro post, né?

Mas me conta, meninas: alguma de vocês já pediu um cara em namoro? Como foi?

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , , ,
Voltar ao topo