Publicidade

Publicidade

12/08/2008 - 14:49

O chiclete do meu scarpin

Compartilhe: Twitter

Mulher é mesmo um bicho complicado demais e não, a gente não quer entender vocês. Desde pequenos, aprendemos que vocês sonham com um príncipe encantado, um cara que te dá rosas todos os dias e te enche de mimos durante o namoro. Daí a gente cresce e escuta que vocês sofrem por não ligarmos no dia seguinte da balada. Quando a gente cresce mais um pouquinho, o problema é que somos “rápidos” demais e nunca vamos descobrir o tal do ponto “G”. Tudo conversa. Depois de pensar um pouco, descobri que o forte de vocês é a reclamação. Por algum motivo, a gente nunca vai conseguir deixar vocês satisfeitas.

Faz de conta que você está ficando com o menino dos seus sonhos, o único probleminha dele é que ele é grude demais. Ele adora te ligar, adora mandar flores, adora te dar presentes, adora mandar mensagens de textos e você, a principio, adora tudo isso. Mas depois de duas semanas a coisa parece começar a ficar chata e você já está de saco cheio do garoto.

Na faculdade, tenho uma amiga que namora há cinco anos. Tempo, né? O cara é um fofo com ela. Liga o tempo todo, vai buscá-la todos os dias, manda flores, compra presentes etc. Sabe o que ela faz? Trai ele com outro garoto na faculdade. Isso é, vale a pena ser fofo se as garotas de atualmente não querem mais um príncipe?

A insegurança dele

Por outro lado, também tenho que apontar um motivo para que o garoto faça tantas coisas. Não é fácil para ninguém manter um namoro. Nós, como qualquer outra pessoa, de vez em quando ficamos cansados e a primeira pessoa que sofre com isso é a nossa parceira. Porém, nós temos nossas formas de conquista, certo? Existem muitos meninos que sofrem de uma grande insegurança quando entra num relacionamento e, por padrão, acredita que presenteando uma menina ele vai conseguir fazer com que ela fique com ele. Acha que é besteira? Acredite, dá pra comprar muita gente com bons presentes.

A reclamação dela

Tanto as mulheres quanto os homens prezam muito a sua liberdade e, quando se envolvem com alguém, sofrem um grande choque pois isso é uma das primeiras coisas que se perdem. Se a gente não liga, as meninas reclamam que não damos atenção, se ligamos, reclamam estamos limitando suas vidas. Existe um meio termo?

Sim, existe. Nós, garotos, temos que colocar na cabeça que não vamos conseguir controlar toda a vida da garota com telefonemas. Muitas vezes é só por isso que a gente faz, não para ser fofinho, não. O lance dos presentes é bem peculiar, tem gente – como eu – que simplesmente gosta de presentear (é a maneira mais fácil de arrancar um sorriso de alguém) e tem aqueles que dão por insegurança. De novo, discutir a relação se torna essencial. Se você arrumou um namorado chiclete, saiba modificá-lo e deixá-lo no ponto que você gosta. O que você está jogando fora hoje pode ser o que você mais vai querer amanhã.

E você, já ficou com algum menino assim?

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , ,
Voltar ao topo