Publicidade

Publicidade

29/09/2009 - 13:04

10 coisas que os meninos não gostam nas meninas

Compartilhe: Twitter

iboy

Tá, tudo bem, vocês podem me chamar de machista depois desse post. Vou ser odiado, apedrejado, muitas vão me abandonar. Não me importo. A verdade é nua, crua e dolorida. Leia somente se você realmente estiver a fim. Lembrando: aqui, tudo não passa de uma brincadeira (com aquele fundinho de verdade). Não se ofenda, não fique cabisbaixa. Ainda há chance de melhorar. E aí, o que será que os meninos não gostam nas meninas?

10 – Maria, mas com jeitinho de João.
Mulher é aquilo, né? Tem que ser feminina. Beleza, a gente até gosta de meninas que não ligam muito para a ‘produção’ na hora de sair – isso economiza um tempão, mas também não pode ser desleixada. Meninas, para mim, têm que se comportar como menina. Nada de ter atitudes que destruam a feminilidade, como andar desleixada por aí. Menina tem que estar bonitinha, bem vestida, arrumadinha… Claro que, nesse caso, a dica também serve para os meninos, né? Outra coisa: não é porque os homens têm atitudes idiotas, do tipo sair cuspindo na rua e falando os piores palavrões, que vocês também precisam se portar desta maneira. Somos uma espécie inferior em alguns quesitos, acredite.

9 – Pausa no beijo para arrumar o batom
Tudo – tudo! – que é exagerado, faz mal. Ficar bonita, ok. Se maquiar, ok. Gastar horrores com roupas de marcas, ok. Mas nada, nada nessa vida, é mais chato do que você ter que ficar esperando a menina se produzir. Pior, é muito ruim namorar alguém que é tão complexada com a aparência que interrompe momentos gostosos, como uma conversa entre amigos (ou um beijo) para retocar a maquiagem. A gente entende a necessidade de vocês de quererem estar bonita o tempo todo, mas, né? Cansa um pouco. Meninas muito frescas não agradam e, geralmente, se tornam um belo de um pé no saco.

8 – Bubalooo
A liberdade é um problema para os jovens. Conforme vamos crescendo, vamos ganhando algum espaço com a nossa família, começamos a sair, a se soltar, voltar no outro dia para casa, dormir fora de casa, sair com os amigos… Até que a gente arranja uma namorada. Daí ela tem crises loucas de ciúme porque vamos sair, porque estamos conversando com os amigos, porque estamos passando tempo demais na internet. Ninguém – tanto homens, quanto mulheres – gosta de gente chiclete, gente que gruda, gente que tira a liberdade. Já comentei muito aqui nesse blog como esse ‘cerco’ é chato e como é legal namorar e ter uma vida bacana fora do relacionamento. Se você começar a fechar a vida do garoto, logo, logo ele vai se encher de você e vai acabar caindo fora.

7 – Tudo o que é bonito é para se mostrar
Ok, a gente gosta de ver. A gente ama ver meninas com decotes enormes. A gente adora meninas que se mostram, que exibem o corpo e que usam os menores biquínis do mercado. Até que elas se tornam as nossas namoradas. Assim, eu acho que as meninas devem ser livres para usar o que quiserem, mas, de preferência, abusar na roupa quando estão com a gente, né? Não sou muito de controlar que tipo de decote que a minha namorada deve usar, mas muitos meninos dão um mega valor para isso. Se você encontrar um namorado que limite, tente conversar e mostrar para ele que ‘o que é bom, é para ser mostrado enquanto permanece bom’. O tempo passa para todas…

6 – DR

A gente gosta – sim, a gente gosta mesmo – de discutir o relacionamento. Mas têm horas que a DR enxe o saco e que a gente não aguenta mais sentar e conversar sobre os rumos que a nossa relação está tomando. A vida é muito curta para ficar perdendo tempo discutindo e planejando. Por que não viver o presente?

5 – Saideira

Disse lá em cima que liberdade é bom e tudo mundo gosta. Mas, a partir do momento em que encaramos uma relação, precisamos nos impor limites. Pense, antes de tudo, dessa forma: e se ele saísse sozinho, você gostaria? Não, né. Namoro com essa liberdade é namoro com final certo.

4 – Ciúme com o melhor amigo
Toda menina tem um grande problema: elas usam os seus melhores amigos para fazer ciúme em seus namorados. Vai dizer que você nunca fez isso? Sabe o que essa ação acarreta? Ódio e intrigas entre o seu melhor amigo e o seu namorado. Geralmente, as garotas são muito espertas e, sem que o amigo desconfie, elas acabam usando eles para criar crises de ciúme em seus namorados. Os homens são ciumentos, mulheres, e mexer com isso é sinal de problema. Cada vez que a gente vê vocês andando de mãos dadas com outro garoto, dá uma raiva intera que é inexplicável. O melhor é não tentar fazer isso, não. Não é saudável e, para piorar, você ainda pode acabar tendo que escolher entre ter um amigo ou ter um namorado.

3 – Meninas que não se posicionam

O mais legal em namorar é o fato de que nos tornamos livres para compartilhar. Compartilhar vontades, interesses, ideias, gostos e muitas outras coisas. Quando namoramos alguém, esperamos que essa pessoa agregue algo para a nossa vida. Em muitos casos, algumas meninas, por terem medo de perder o gato, acabam se tornando uma pessoa sem posição, que esperam que o garoto tome atitude e defina rumos para a relação. A gente não gosta disso, não. A gente gosta de mulher com atitude, mulher que toma partido, que mostra vivacidade, sabe? Tente se posicionar na relação, escolher lugares para visitar, coisas para comer. Acredite, detalhes assim fazem a diferença.

2 – Eu mando, você faz
Preciso falar muito? Ninguém gosta de ser subordinado. Imagina em um relacionamento. Mulheres mandonas estão por fora. A gente gosta de menina que sabe que mandar em alguém não leva a nada.

1 – A gente reclama, mas a gente gosta
Apesar de todas essas críticas aí de cima, não poderia deixar de ser clichê e terminar com um “não importa, a gente gosta de meninas”. Os nove tópicos acima são dicas de coisas que alguns meninos não gostam muito em mulheres. Mas é claro que cada relacionamento tem uma particularidade, que deve ser analisada e ver se as posições aí de cima são válidas. Você, antes de qualquer coisa, tem que estar feliz com o seu parceiro. E, é claro, não ficar arranjando problema para a cabeça de vocês. Vivam. Comecem a deixar as besteiras de lado. Com isso, a relação vira algo saudável e duradoura.

Mas e vocês, o que não gostam nos meninos? Hora da vingança! Estarei presente respondendo os comentários 😀

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , ,
25/08/2009 - 12:48

Vale a pena mudar para agradar um menino?

Compartilhe: Twitter

Quem é que nunca passou por isso? Quem nunca se enfiou em um relacionamento e depois, lá pra frente, percebeu que já não era mais a mesma pessoa que antes? Quem não mudou todos os hábitos, os costumes, as vontades, os vícios e afins só para agradar alguém? Quem nunca fez isso, que atire a primeira pedra. E, caso não tenha feito, espere… Seu dia – infelizmente – chegará.

Eu acredito que um dos maiores erros de todos os relacionamentos do mundo (além da desconfiança) é esse: mudar para agradar ao outro. Quando as pessoas começam a namorar, elas simplesmente se esquecem que, por algum motivo, o outro se apaixonou por você exatamente do jeito que você é, e não do jeito que esta outra pessoa gostaria que você fosse. Nós acreditamos, por algum motivo, que agradando e aceitando tudo, vamos conquistar ainda mais a pessoa por quem nos apaixonamos. Ledo engano. Fazendo isso, tal pessoa vai, a cada dia que passa, ver mais a sua imagem espalhada em você. Talvez, tudo o que ele queria, era exatamente o contrário: namorar alguém que fosse o seu oposto.

A gente muda por acreditar que só assim vamos conseguir unir hábitos. A gente muda porque a gente acha que isso é uma forma de demonstrar o nosso amor. A gente muda porque a gente acredita que o outro espera algumas ações de nós. A gente muda por não saber como manter um relacionamento com as nossas vontades, nossas ideias e nossas imposições. A cada dia que a passa, a gente deixa mais para trás quem a gente realmente é e vai se tornando, aos poucos, alguém que a gente desconhece. Mas acredite, é normal.

De certa forma, a insegurança, aqui, é o que fala mais alto. Muitas meninas (na maioria dos casos, são as meninas que viram a vida do avesso para ficar com os meninos) acreditam que se elas não fizerem o que o seu namorado quer, elas irão acabar perdendo o garoto. No começo, a fórmula é superconvincente. Tudo parece fluir melhor, as conversas começam a rolar de forma mais legal, as ideias batem, as vontades são as mesmas… Depois, é só tristeza. Parece que nada tem mais graça, você começa a avaliar sua vida e acaba percebendo que de forma alguma é uma pessoa feliz.

Para uma relação saudável, é preciso conhecer o seu limite, saber o que você quer, do que você gosta e o que você procura em um namoro. De nada adianta se entregar ao menino e mudar toda a sua vida se depois, mais pra frente, você vai se arrepender. O certo é tentar trazer o garoto para o seu mundo, mostrar os seus gostos, suas coisas, suas amizades. E, claro, você também deve ficar aberta para o mundo dele.

Tudo é mutável e dá para se adaptar. Como já dizia a física (ou a química, sei lá!), os opostos se atraem. Tem que saber se impor, mas também tem que saber ceder. Só assim, deixando o orgulho de lado, é que se dá asas e futuro à uma relação. se não, nem perca tempo…

E você, já mudou sua vida para ficar com alguém? Conta aí!

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , ,
21/04/2009 - 08:24

E quando sou eu que não quero namorar?

Compartilhe: Twitter

Muita gente tem o costume de dizer que os meninos são aqueles que não querem namorar. Apesar de ser um fato, o que vemos hoje em dia é uma nova realidade. Muitas meninas estão preferindo ficar a namorar.

Talvez por várias frustrações ou simplesmente por acreditarem nas lorotas da sociedade, as meninas meio que desencanaram de procurar o príncipe encantado. Um novo estilo de vida nasceu há algum tempo, e ele se chama balada. Fica com um aqui, outro acolá. As garotas preferem aproveitar as chances da vida a se amarrar em um só futuro, que é incerto na maioria das vezes. Depois, elas ainda têm coragem de reclamar da gente.

E quando você acha um garoto que quer um relacionamento sério, é certo recusar? Claro, todo mundo tem o direito de aproveitar a vida como lhe convém. Se você acha que está na idade de curtir a vida e não se prender à ninguém, é a sua chance. Afinal, ninguém pode reviver a idade e liberdade que já teve um dia. Quando você achar que é a hora certa de namorar, comece a se focar em garotos que você consegue ver alguma relação. O primeiro passo, aí, é mudar os hábitos. Comece deixando de frequentar lugares onde, obviamente, você não irá achar um namorado.

Se namorar não está nos planos, não se culpe. Atualmente – ainda bem – ninguém mais é obrigada a casar com 12 anos e ser empurrada para o noivo que a família escolher. Aproveite, viva o suficiente e o que desejável. Depois, já que nunca é tarde para amar, sossegue e delicie-se com os carinhos de alguém. E só desse alguém. Se é para namorar com traição, é preferível que se fique sozinha.

E você, prefere namorar ou ficar?

Autor: - Categoria(s): Situações Tags: , , , , ,
Voltar ao topo