iG

Publicidade

Publicidade

03/03/2009 - 12:13

Sleepover: a cama alheia é mais gostosa

Compartilhe: Twitter

Chega uma hora na vida dos adolescentes que a cama do outro é sempre melhor do que a sua. Ainda mais se ela já estiver ocupada com alguém. O único problema dessas mudancinhas de casa são os nossos pais. Ir, uma vez o outra para a casa do namorado, tudo bem. Agora se você disser que vai dormir lá, já fique preparada para um sermão interminável. De vez em quando, com razão…

Para nós, é supercerto e não tem nada demais sair e ir dormir na casa do nosso namorado. Se é normal ficar na casa das amigas, não tem problema algum passar a noite com o gato, certo? O problema é que depois que rolar a primeira vez, provavelmente você irá gostar tanto que vai querer repetir a dose todas as semanas. Isso vai ser uma das suas primeiras formas de expressar a sua liberdade, de mostrar que você está crescendo e precisa de certa independência. Ops! Não é tão fácil assim deixar a saia da mãe, não.

Pai, vou lá no Joãozinho e volto cedo. Cedo da manhã.

Qual a melhor forma de pedir para que seus pais autorizem a dormidinha na casa do namorado? Primeiro de tudo, você tem que provar à eles que os pais do garoto vão estar por lá. Mesmo que não estejam, faça parecer que eles vão ficar assistindo novelas no meio de vocês. É óbvio que se você dizer que vai ficar sozinha com o garoto na casa dele, a resposta vai ser não. Se tem gente grande na parada, a história já muda. Depois, você tem que ir conversar com os seus pais para mostrar à eles alguma firmeza, dizer que só vai ser uma noite de diversão, para vocês assistirem filmes e comerem pipocas juntos. O máximo que vai rolar serão alguns beijos no sofá. Só! Se você tiver outras intenções com o garoto, não acho errado contar, não. Caso você tenha uma boa relação com os seus pais, é uma daquelas filhas que compartilha tudo com a mãe, espere um momento e diga a real para ela. Com certeza, com sinceridade, as coisas ficam mais fáceis.

Se seus pais recusarem e não darem o braço a torcer, aceite. Afinal das contas, são eles que pagam as suas contas. Depois de um tempinho, tente de novo. Um dia, claro, eles irão ceder.

Sogrinha, cheguei!

Tá, seus pais deixaram, você já preparou a sua linda mala rosa e está na porta da casa do garoto. Lembre-se que uma sogra amiga é a melhor pedida para um namoro. Educação é a palavra-chave para sua estadia na casa alheia. Tente se controlar nas palavras, nos amassos públicos, ofereça para lavar a louça, ajudar a cozinhar. Sei lá! Mostre-se útil e educada. Se você chegar zoneando a casa do menino, provavelmente será a sua última vez por lá.

Claro que desastres acontecem. Uma antiga namorada, por exemplo, na primeira vez que foi conhecer minha família levou uma garrafinha cheia de água para dar conta do calor. No entanto, a tampinha estava meio aberta e ela foi abaixando para cumprimentar a todos. Não deu outra, voou um pouco de água no colo de cada um. Logo depois, na cozinha, ela foi pegar um pouco de refrigerante e a garrafa explodiu bem no rosto dela. A família toda riu, claro, mas, com isso, ela conquistou a empatia de todos.

Hora de dar tchau

Depois de passar a noite com o menino, é bem triste ter que deixá-lo. Porém, você não deve desanimar. Depois da primeira vez, as próximas serão bem mais fáceis. Claro que você não deve se acostumar, senão os seus pais vão encrencar e, pior, a família do menino pode começar a achar chato. Tente manter um ritmo, combinar de ficar juntos umas duas vezes ao mês. Assim, todo mundo fica contente =)

E você, já dormiu na casa do seu namorado? Como foi os trâmites para convencer os seus pais? Conte aí!

Autor: - Categoria(s): Situações Tags: , , ,
Voltar ao topo