Publicidade

Publicidade
04/11/2009 - 15:44

Tem como manter um relacionamento aberto de forma saudável?

Compartilhe: Twitter

42-17852056

Nestes tempos modernos em que estamos vivendo, é comum achar por aí pessoas que namoram, mas ficam com outras pessoas. São aqueles que chamam sua relação de ‘relacionamento aberto’. Ou seja, você namora alguém, mas pode ficar com quem quiser. Se rolar, pode até compartilhar e interagir. Enfim, as possibilidades vão de um para um milhão.

Primeiro, vamos ver qual é a lógica do relacionamento aberto: você namora alguém, mas é livre para ficar com todo mundo. Dependendo dos limites, pode fazer o que quiser com quem quiser. Daí quando bate a carência, você corre para quem namora. Não entendo muito bem estas coisas, mas acredito que os ‘namorados’ acabam ficando com a parte chata da relação aberta, não? Assim: todas as brigas, as discussões, os mal entendidos… Eles vão rolar sempre com quem? Por outro lado, se você tem a mente aberta o bastante para isto, pode pensar que, caso queira namorar desta forma, é bom ter sempre alguém para correr e abraçar quando sentir vontade, né? É tipo uma forma de se sentir seguro e querido o tempo todo e, ainda assim, alimentar o seu ego pegando geral por aí.

Relacionamento aberto não é só curtição, não. Para você se enfiar em um, tem que gostar muito da pessoa e ter muito – muito mesmo – pouco cíume. Além disto, nunca pode brigar com o seu companheiro por causa de meninas. Afinal, vocês que decidiram tomar esta vida, né? Muitas pessoas dizem que abrir a relação em um certo momento da vida à dois é bom para revigorar, para limpar a alma e dar a certeza ao outro de que é você mesmo que ele quer. Motivos existem de montes.

Tem gente que consegue viver numa boa com uma relação assim. Ah, tem também aquelas pessoas que gostam de dar mais liberdade à relação quando o assunto é sexo. Quantas vezes não vemos gente que namora e, vez ou outra, chama alguém para participar das noites calientes? É a mesma coisa: se você está afim de dar uma animada e diferenciada no seu namoro, é superválido interagir. Claro, é preciso muita conversa, muita compreensão e, acima de tudo, combinar tudinho antes de qualquer tentativa para não rolar nenhuma briga. A sensação, depois que acontecer, pode ser um pouco estranha. Você pode se sentir traído, pode pensar que seu parceiro vai te deixar para sempre… Mas talvez ele goste mais ainda de você.

Esse lance de relação é muito particular. Tem gente que não encana muito, tem gente que não deixa o namorado nem olhar para o lado. Uns são felizes, outros não. É de vocês dois. Se quiserem, se os dois tiverem vontade, tentem. Só não vale ficar fazendo joguinho do tipo ‘se você quer, eu topo’. Os dois têm que querer. Caso contrário, não deve rolar! Não faça nada por obrigação, mas sim por vontade.

E você, conseguiria ter um relacionamento aberto? Comente aí!

Autor: - Categoria(s): Posts antigos Tags: , , , ,

Ver todas as notas

35 comentários para “Tem como manter um relacionamento aberto de forma saudável?”

  1. Denise. disse:

    pelo visto, aq a maioria não gosto de dividir o pão.. Sem querer ser maria vai com as outras, eu sou egoísta mesmo, não divido o q é meu :p

    • Corvo disse:

      Rsrs… onde está escrito que é seu?, abra sua mente um pouquinho meu anjo (claro que cada um tem suas escolhas), acredito que o relacinamento livre (pois o termo “aberto” pode ser mal entendido muitas vezes) é um estágio um pouco mais avançado em relação ao monogamico, porém acredito que deve existir muito mais respeito e amor no “livre” do que no fechado.

  2. juh disse:

    Ok, a sociedade é hipocrita e o q mais vemos é gente sendo traída e/ou traindo. Mas vai q vc decidiu entrar no relacionamento aberto e sai com outra pessoa, e vai q essa pessoa começe a gostar de vc e não entenda esse tal de relacionamento aberto, o q mais veríamos é gente com o coração partido. UFF..ia virar uma bola de neve.

    Prefiro a monogamia^^

    BEIJO CAIO *___*

  3. Ana Paula disse:

    eu tenhuh um relacionamento abeto pq gosto dele mas não amo ele d verdade e não kero perder a oportunidade d conhecer alguém legal na minha vida q eu ame d verdade e tbm é muito bom fik com meu namô.

  4. Mimi disse:

    Cara, falar mal de relacionamento aberto só tem duas explicações: ou é pura hipocrisia ou pura alienação. As pessoas TRAEM seus parceiros, seus maridos, suas esposas na cara-dura, às vezes perdem a conta de quantas vezes fizeram isso.

    A monogamia é o maior mito já inventado na história da humanidade, hahaha. Não somos animais monogâmicos – podemos ser até egoístas demais pra dividir alguém, egocêntricos demais pra aceitar não sermos “os únicos”, mas definitivamente não nascemos pra ser monogâmicos.

    Eu tenho um namoro aberto e sou louca, simplesmente louca, pelo meu namorado. Nenhum de nós fica com as “partes ruins” da coisa – pelo contrário, a gente fica com a parte boa, quem fica com as sobras são os outros.

    Qual é a relação entre amor e tesão, afinal? Tesão é um sentimento desde quando? XD

    “Ai, amor, hoje eu acordei e meu tesão por você me deixou emocionada…”

    Me poupe. =P Sexo com amor é fantástico, mas sexo sem amor é tão possível quanto amor sem sexo. O que vale num namoro não é a posse de um pelo outro, e sim a vontade de ficar juntos, a confiança e o sentimento.

    O ponto de uma relação aberta é simples. Não importa quanta gente vc conheça na sua vida, quantos amigos faça, quantas pessoas passem pela tua cama, algumas pessoas são insubstituíveis.

    • Nadia disse:

      Falou tudo!

    • Corvo disse:

      A velha história do “ser humano” querer tudo pra ele…
      Mimi tô com vc, é uma hipocrisia sem limites as coisas que vemos nos dias de hoje…

  5. Mel disse:

    Tudo é relativo quando se trata de relacionamento. Não existe fórmula pra fazê-lo dar certo. Não adianta “pagar de namoradinha” fiel, se isso não for verdadeiro. Também não adianta não fazer, se tem vontade. Então… …. …. Se for pra manter algo moderno (talvez não muito construtivo), é bacana experimentar, mudar de tática! Do contrário, ” em time que ta ganhando não se mexe” e se está tudo bem de outro jeito, ta tdu em PAZ! XD

  6. andréa f d disse:

    sou casada a 7 anos ..e resolvemos abrir noso casamento,foi a melhor coisa que fizemos para nós mesmo..nos sentimos agora mais seguros..mais um do outro,sem neuras,estamos vivendo em pleno extase,felizes em nossa escolha,e a cada dia que passa tenho mais e mais certeza que meu esposo é e sempre será o homem de minha vida…é bom demais estar com outros sem culpa…mas é melhor inda ter a cada relação com outro er a certeza de que o meu melhor esta em casa.

  7. Bom.. eu namorava antes com um punk, e nosso namoro caiu na rotina e terminamos depois dele comecei a relação aberta com um cara … estou adorando, me sinto mto livre, eu sempre sei qdo ele fica com alguem mas não me importo pois não o amo, o ruin é se a pessoa amar o outro pq daí rola o ciume … como sou uma pessoa mto carente isso de ter relacionamento aberto ajudou a suprir minhas carencias…
    Pra mim foi uma boa opção… Mas depende da pessoa não é todo mundo q aceita ..

  8. Biah Amorim disse:

    Aceitaria sim, só pra me livrar da carencia …

  9. Ale disse:

    Bom acho meio complicado dar certo qdo se gosta da outra pessoa mas falo da minha experiência, depois de ir e voltar com o meu namorado e de muitas outras pessoas no meio dessas separações resolvemos continuar como estavamos separados, ficando com outras pessoas mas juntos pq nos gostávamos. E pra ser sincera… não deu certo! Pq? Porque a gente não controla o qto vai se envolver com alguem mesmo que ache que é só sexo, e por mais que seja na cara dura, ou seja o outro ficar sabendo, não tem como vc amar alguem e se sentir a vontade ou não ligar sabendo que essa pessoa esta naquele exato momento com outra, bom…eu não consegui e percebi que ele achava isso normal pq não me amava tanto assim…

  10. Dany disse:

    bom tô afim de conversar com meu namorado sobre isso pois eu gosto muito dele mas gosto de ficar com outros garotos.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo