Publicidade

Publicidade
13/10/2009 - 14:26

Meu namorado é exageradamente perfeito, mas eu não aguento mais. Devo terminar?

Compartilhe: Twitter

200320933-001

“Tenho 17 anos e meu namorado 18, estamos juntos há 5 meses. O problema é: a vida dele gira em torno da minha. Ele parou de falar com as amigas, não sai mais com os amigos, pede minha opinião pra tudo, não faz nada que possa me magoar, muda qualquer plano por minha causa. Quer namorado mais perfeito? O único problema é o seguinte: EU NÃO ESTOU DISPOSTA A LARGAR MINHA VIDA POR ELE! Se eu estou morrendo de sono, eu gostaria muito mesmo de dormir ao invés de ficar até as 5h da manhã no telefone com ele, eu não quero deixar de ouvir a minha banda preferida só porque os caras dela são bonitos e ele tem ciúmes, não quero deixar de falar com os meus amigos por causa dele, não quero matar aulas importantes pra ficar com ele fora da escola…  Mas acontece que eu sinto que vou perdê-lo se não fizer essas coisas, e eu realmente o amo. Não consigo imaginar minha vida sem ele e sinto que vou me arrepender profundamente se eu não me importar e ele terminar comigo. Então acabo fazendo várias dessas coisas, de forma forçada, não natural. Estou fazendo errado? Ou essas coisas seriam coisas básicas de um namoro? É meu primeiro namorado… Me ajuda?”

Essa é a dúvida da Wendy, que chegou via email há alguns dias. Reclamar da perfeição é um problema, hein?

Vamos lá, Wendy. Começo com o discurso de que ninguém é igual. Cada um é criado de uma forma, cada um vive cercado de determinadas pessoas, cada um tem o seu estilo próprio de vida. Com isso tudo, crescemos nesse mundão aprendendo o tempo todo e vamos, aos pouco, formando a nossa identidade, que, a cada dia que passa, se fixa mais. Seu namorado é assim: meloso, chiclete, grudento, fofo. Você é assim: desligada, que curte ter um tempo para você, que gosta de aproveitar o namoro, mas também gosta de limites e de viver a sua vida. Dizem que os opostos se atraem. Você e ele são a prova disso.

Todo relacionamento, Wendy, pede mudanças. Claro, você não vai abandonar o seu estilo de vida para ficar com um garoto. Isso é absolutamente inviável, já que, no futuro, você vai perceber que o fez muito feliz, mas você ficou para trás, infeliz. O que deve acontecer são conversas e posições. Você disse que realmente o ama, então terá que se esforçar um pouquinho para corresponder ao tipo do amor dele. Ele, no entanto, vai ser um pouco mais difícil de mudar. Por quê? Provavelmente ele é um garoto muito inseguro, desconfiado e carente. Ele deve ter os motivos dele para ser assim, não é proposital, não. Sabe o que acontece com tudo isso? Você não pode dar nenhuma mancada com o garoto, porque toda essa insegurança e ‘cobrança’ dele vai piorar. O mundo dos inseguros é complicado. E eu sei bem disso.

Vou contar o que acontece comigo: sou muito inseguro em relação à tudo. Este problema pega desde a minha aparência até a minha capacidade mental. Nunca acho que sou o bastante para a pessoa que estou ao lado. O que eu faço? Tento dar o meu melhor para ela. Tento estar sempre ali, ser um bom ouvinte, tento ser romântico… Até que, um dia, percebi que tudo o que eu estava fazendo, talvez, não era o que a pessoa queria. Na real, ela mais queria sentir o verdadeiro “Caio” do que esse “Caio” fabricado, que não é real. A passos curtos, fui relaxando e acreditando mais no meu potencial, dando, assim, mais liberdade para a pessoa com quem namoro. E ganhando confiança. O relacionamento começou a fluir melhor, começou a ficar mais gostoso, o outro lado começou a se empenhar mais… O problema aqui é: fazer tudo isso sozinho é difícil e confuso, então, no futuro, um surto pode acontecer. Todo o trabalho desenvolvido vai por água abaixo e parece que você voltou à estaca zero. Recomendo a terapia.

Entendeu o que eu quis dizer, Wendy? Seu namorado é o que muitas meninas gostariam de ter – mas elas, provavelmente, o fariam sofrer. Você, que deve ter uma cabeça mais formada e adulta, é quem o tem. Então segure o garoto. Converse, discuta o relacionamento, diga que você precisa de espaço e que ele, principalmente, precisa curtir a vida dele. Cada um tem uma vida e, por mais juntos que estejam, ela precisa, de vez em quando, ser vivida sozinha, não é?

Não desperdice o namoro, não. Invista, aguente, converse, mude. Sempre há solução!

E vocês, já namoraram alguém como o namorado da Wendy? O que poderíamos sugerir para ela? Comente!

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , ,

Ver todas as notas

54 comentários para “Meu namorado é exageradamente perfeito, mas eu não aguento mais. Devo terminar?”

  1. Sero disse:

    Se você realmente o ama, de verdade, vai largar tudo isso por ele. Se a relação tem futuro e o amor é de verdade, vale tudo. Invista no amor, e não em coisas fúteis que dão uma alegria passageira. Se o amor é de verdade, duvido que seus amigos te amam tanto quanto ele; e o que é mais importante, uma banda, ou o amor? Eu faria tudo isso pela minha namorada, e abriria mão de qualquer coisa por ela; é muito mais valiosa do que qualquer coisa que possa aparecer. Aprender a dar valor para as coisas realmente importantes é a chave para o sucesso do futuro. Namoro sem entrega, pra mim, não é namoro. Namoro onde “cada um vive pro seu lado” não é verdade; sou a favor do namoro verdadeiro, que não acaba, e amor que resulta em vida conjugal feliz; não acho legal “vários namoros que acabam”. Por isso, namoro tem que ter entrega; senão, sempre acaba terminando. E os jovens tendem a ser egoístas, não gostam de se entregar. Quando alguém gosta de amar mais verdadeiramente, ficar com a pessoa, sempre a dois, dizem que a pessoa é meio maluca. Vida de namoro tem que ser A DOIS; viver “cada um pro seu lado” nunca vai ser solução pra namoro; pelo contrário, é o começo pra tudo dar mal. É uma pena, quando vão entender o que é o amor de verdade?

  2. Jéssica disse:

    Olha, espero que leia o meu comentário Wendy, porque eu já passei pelo que você passou e venci… estou namorando a 4 anos e 3 meses e somos muito felizes e o meu namorado é exatamente como o seu!Faz tudo por mim, a vida dele gira em torno da minha… Eu só tenho uma coisa a te dizer. Quando eu era mais nova eu pensava assim como o Caio e você, que quando você namora tem de ter espaço para ambos o que é um equívoco, ou você não ouviu falar que quando você ama não é mais os dois… mas os dois são um só, por isso se você gosta que ele seja tão perfeito e o ama de verdade pense no que você está fazendo… vai não tratar ele, que é um cara tão diferente e legal, bem só porque você quer ter uma vida com amigos e um espacinho?Te digo uma coisa… essa história de que ‘não se troca amigos por namorado’ só funciona se você NÃO QUER um relacionamento sério, pois se você quer, o caminho é se entregar de corpo e alma ao relacionamento e abrir mão de tudo por ele, assim ele vai ser o único e suficiente amigo que você precisa, você vai poder contar tudo pra ele e vai saber que nele você pode confiar. Então se avalie. É ele que você ama e ele que você quer ficar durante a sua vida?Não é apenas um dos relacionamentos que você quer ter durante a sua vida?Porque se for assim você não deveria estar com o sujeito comprometido e dedicado que você está… Também, outra coisa importante, antes de se entregar de corpo e alma se você decidir que é ele que você quer pra sua vida toda, converse com ele e sejam muito próximos, pois pro tipo de relacionamento em que um se dedica totalmente ao outro é preciso muita sinceridade e união. Eu mesma quando comecei a amadurecer e me entregar de verdade de corpo e alma ao meu namoro, se tinha alguma mentira entre eu e ele eu contei tudo a ele, porque não se pode construir uma casa em cima de um terreno de areia… porque um dia a casa cai. Então abra o jogo com ele sobre tudo, saibam de tudo um do outro, divirtam-se juntos, aproveitem o tempo juntos e você vai ver como os frutos serão generosos e como tudo pode ser ótimo… Mas pra que isso aconteça você tem que estar disposta a ficar com ele aconteça o que acontecer, mesmo que os obstáculos pareçam grandes e diferente dos outros casais não termine por tão pouco… Eu e meu namorado fizemos um voto de ficar com o outro aconteça o que acontecer e manter o relacionamento sempre bem… Espero mesmo que você escolha ficar com ele e siga o que eu digo e sei que ainda vai chegar nos 4 anos e 3 meses e depois disso passar por muitos e muitos outros anos! Um abraço e boa sorte… Fique com a iluminação do Senhor.

  3. Antônio Lyuiz disse:

    Minha opinião sincera. Ele tem que mudar. Você gosta dele, porém você já está sentindo que a barra está difícil. Converse com ele. Se não mudar, tchau! Desculpe ser tão direto, mas é que não estou sabendo me expressar. Amor não é prisão, antes de tudo LIBERDADE.

  4. Bia disse:

    Menina! Eu passei por algo bem parecido no inicio do meu namoro.Hoje já estou namorando a 4 anos.
    No inicio foi assim e como estudávamos juntos a coisa era pior. Mas tinhamos 16 e 17 anos e ele tambem era meu primeiro namorado( continua sendo rs). Brigamos muito no inicio mas com o tempo fomos amadurecendo e a coisa mudou um pouco, nos formamos e hj cada um tem a sua vida e por mais que a gente queira ficar juntos nem sempre da, as vezes ainda brigamos por causa disso mais depois ele acaba entendendo que eu tenho a minha vida e ele a dele e que antes de tudo é preciso mt responsabilidade se quisermos continuar a pensar em um futuro juntos. Continuamos a nos falar quase 10 vezes por dia porem as vezes só podemos nos ver final de semana. Acho que o amadurecimento vai mostrar tanto pra vc qnt pra ele o que é um namoro.Vc ñ pode querer viver sozinha como se ñ tivesse namorado e ele tbm ñ pode viver como se a vida dele fosse vc. Tente mostrar pra ele o equilíbrio e cuidado para ñ se sentir sufocada e acabar qrendo “chutar o balde” por bobagem.O diálogo é o melhor caminho.Vc terá que abrir mão de algumas coisas porem não abra mao de td para no futuro vc se arrepender.E mostre pra ele q ele tbm ñ precisa abrir mao de td por vc.Se ele te ama ele irá entender isso e se vc o ama tambem irá entender o que precisa abrir mão.Pense equilíbrio sempre…………

  5. Igor disse:

    Que bobagem essa negocio de LARGAR TUDO POR AMOR,…claro que sacrificios sempre existirão, por ambas as partes, e por mais diferentes que os casais sejam, acredito muito no equilibrio da relaçao, cada um tem q saber se posicionar devidamente no seu lugar, sem deixar d fazer coisas que gostam, mas tudo no seu limite
    e como seres que tem emoçoes e sentimentos muitas vezes somos traidos, enganados por eles, o que faz levar a pensar em arrependimento futuro por deixar d fazer coisas pelo outro. ninguem troca alguem pra fazer coisas pessoas, é só uma questao de liberdade propria
    relacionamento baseia-se em em confiança e compreensao, só assim acredito num amor que possa durar

  6. Adriana disse:

    Oi querida,

    A melhor dica que eu posso te dar é: Converse francamente com ele, explique o quanto gosta dele, mas que também precisa preservar um pouco mais o seu espaço. Eu tive um namorado assim, na época eu tinha 20 anos e terminei com ele, me arrependi demais depois, acabei casando com um FDP, fiquei aturando um mala por 15 anos é só agora consegui me divorciar e graças a Deus consegui novamente um companheiro perfeito, grudento assim que nem o seu, esse agora é meu segundo marido e estou feliz da vida. Não cometo esse erro nunca mais. É muito melhor vivier com alguém que realmente gosta de você, converse, vocês são muito jovens. Abraçose boa sorte.

  7. Filippe disse:

    Essa Jéssica é louca neh?!
    ”Te digo uma coisa… essa história de que ‘não se troca amigos por namorado’ só funciona se você NÃO QUER um relacionamento sério, pois se você quer, o caminho é se entregar de corpo e alma ao relacionamento e abrir mão de tudo por ele, assim ele vai ser o único e suficiente amigo que você precisa, você vai poder contar tudo pra ele e vai saber que nele você pode confiar.”

    ISSO não existe,é se anular pelo outro.
    Por mais que seja bonito acharmos isso…e seus amigos? Onde ficam?Tão lá somente pra quando você tá sozinha?
    Alem de estar sendo desleal com eles,tá sendo com si própia.

    Eu acho que no seu caso,uma boa conversa resolveria.
    Eu entendo o lado dele,pq tb faço muito isso,mas quando faço,faço consciente.
    E tambem entendo o seu é realmente dificil.
    Você não vai perde lo dizendo o que você sente,ao contrário,acho que até o ajudará,as vezes ele só faz pq acha que vc curte essa atitude.

    Beijos e Boa Sorte! =D

  8. juli disse:

    meu namorado tem tendencia de ser assim, mas eu n permito, ai tudo flui otimamente^^

  9. TONY disse:

    Sinseridade é o melhor caminho sempre.Nao adianta voce continuar nessa situaçao para agrada lo,relacionamento é divisao,liberdade e confiança.Um exemplo;se um dia voce quizer sair com suas amigas e para nao magoa lo,mente,fala que esta com dor de cabeça e inventa mil e uma;se ele descobre a mentira,provavelmente nunca mais ira confiar em voce,por mais que voce tente explicar os motivos da mentira.Entao o melhor caminho é sempre o dialogo,desde que seja consciente das duas partes e nao gerem brigas.beijos BOA Sorte.

  10. TONY disse:

    Sinceridade é o melhor caminho sempre.Nao adianta voce continuar nessa situaçao para agrada lo,relacionamento é divisao,liberdade e confiança.Um exemplo;se um dia voce quizer sair com suas amigas e para nao magoa lo,mente,fala que esta com dor de cabeça e inventa mil e uma;se ele descobre a mentira,provavelmente nunca mais ira confiar em voce,por mais que voce tente explicar os motivos da mentira.Entao o melhor caminho é sempre o dialogo,desde que seja consciente das duas partes e nao gerem brigas.beijos BOA Sorte.

  11. Lia disse:

    Só um detalhe, Srta. Jessica: NÃO existe essa de “os dois serem um só”. Pensar dessa forma é o começo do erro para a vida afora. Ao contrário, sempre serão pessoas distintas, individualizadas, cada qual com identidade própria, que se complementam.

  12. Morenah Raiz disse:

    Putz, cmg eh totalmente ao contráriooo!!!

    to tentando terminar um namoro de 4 anos pq o cara ñ eh nada romantico, e nem se mexe pra ficar cmg, eu eh q sempre fui atras dele, e to cansada dessa vida!!!

    cada uma neh??

  13. Carlos, 29A disse:

    AIIIIDEUSULIVRE….como tem gente “doente” nesse mundo…vc jogar TODA sua vida, seus medos, frustrações, felicidades numa única pessoa….é muita responsabilidade. Entendo que este seja um espaço democrático e tal, mas é impossível não comentar com a colocação, DOENTE e baseada em FANATISMO da Jéssica. Trazemos um monte de problemas psicológicos (evidentes ou não) de nossas criações. É injusto acreditar que uma pessoa (primeiro namorado) vai ser o SALVADOR, o cara que vai resolver TUDO na sua vida. É muita responsabilidade na mão do outro(a). E se dá errado, a culpa é de quem?
    Wendy, faça aquilo que o seu coração mandar, e com o tempo vc irá aprender que o amor entre duas pessoas é essencial, mas não fundamental para se levar um relacionamento. Respeito, Companherismo, Confiança, Intimidade, não podem ser ignorados baseando-se em “nós nos amamos, é o que importa”. Isso leva a mais um comentário….lembre-se que você só terá absoluta CERTEZA do seu amor, nunca do amor da outra parte…portanto viva o SEU amor, curta o SEU amor pela outra pessoa…e se a outra pessoa não se encaixar no seu amor….talvez seja hora de “deixar ir”…essa é uma prova de amor incontestável….
    No mais, viva a vida e curta sua juventude

  14. Lalazinha disse:

    Ai genti, não tenho do que reclamar do meu namorado, ele é mto bom comigo, meu pai chama ele de “ROMEU” agenti namora a dois anos,mais as vezes ele demostra ser mto inseguro,e com mto ciumes de mim, e isso me deixa irritada, pq parece que ele vivi para mim, e por mim…
    Ai recentimente apareceu um cara que é o oposto, confiante, charmoso enfim, TDB! estou meio balançada por ele, mais parece que si eu termina com meu namorado, ele infarta!!!!

  15. erica disse:

    Oi Wendy, só pra dizer que parabéns que você conseguiu um cara que te ama de verdade, isso é maravilhoso e todo mundo merece amar e ser amado ao mesmo tempo! rs Tô aqui pra dizer que às vezes nem todo namoro é tão fácil assim, temos que tomar atitudes por nós e pela pessoa que nós amamos… Mas pelo que você disse, dá pra perceber que você o ama demais e que ele também te ama. Vocês ainda estão se adaptando um ao outro, e, se e uma das coisas fundamentais no relacionamento é a sinceridade para com o outro…. Se você acha que precisa conversar com ele, converse, faz bem!! E claro, sempre deixando claro que você o ama!! Bom, é isso

    Bjao Wendy, tudo de bom pra você

  16. Camila Gabriela disse:

    WENDY VOCÊ TEM 17 ANOS, É NOVA E CHEIA DE SONHOS!!! NÃO É PQ VOCÊ ENTRA EM UM RELACIONAMENTO QUE VC VAI PARA DE VIVER SUA VIDA, PARA DE SER BOBA E DÁ UM PÉ NA BUNDA DELE!
    EM UM RELACIONAMENTO EXISTEM DOIS SERES HUMANOS E CADA UM TEM SUA VIDA INDIVIDUAL, SEMPRE COLOQUE VOCÊ EM PRIMEIRO PLANO!!! NADA É PARA SEMPRE E NINGUÉM É DE NINGUÉM, O QUE TEM QUER TER É RESPEITO E CONFIANÇA!!!
    FICA ESPERTA E CURTA O MOMENTO, NAMORO É PRA SE CURTIR, NÃO PRA VIRAR TRANSTORNO!!!

  17. O problema é que a tendência masoquista da maioria das mulheres acha dificil ser feliz.
    Ademais, a propaganda novelística das tvs induz que as mulheres busquem a “felicidade” em tudo que não presta. Chamo isso de apologia a marginalidade.
    Não vejo do que essa menina se queixa.
    Tenho um relacionamento com a mesma mulher há 31 anos e somos carne e unha. Não vejo do que essa menina tenha que reclamar.
    Minha filha, busque a Palavra de Deus e dê graças a Deus por ter encontrado um rapaz que te ama e se ama.

    Um grande abraço do escritor

  18. Ao contrário do que se disse, namoro nao é apenas para se curtir, no sentido de diversionismo. Namoro é algo sério (o que não quer dizer que não tenha alegria, brincadeiras, divisão de momentos prazerosos).
    Esse negócio de trocar o amor por “amizades” é a maior roubada institucionalizada na vida de uma pessoa.
    Claro que devemos ter amigos. Mas, em grau de importância não troco um minuto de relacionamento com a minha mulher por um milhão de tempo com os meus amigos. E ela demonstra a mesma coisa em relação a mim.
    Não caia na tentação de imitar o pior dos outros. Busque o que te faz feliz. Se você não gosta de viver com outra pessoa, simplesmente desista. Você não encontrou o seu grande amor.
    Somente quem não é feliz é que gosta de viver em multidão, fazendo de conta que é feliz.
    Se doe a uma pessoa só, depois de se doar a Deus.
    Um abraço do escritor

  19. Jéssica disse:

    Krak … Sua historia é igualziinha a minha tenho 17 anos ele 20 ele é meu 1º namorado e sou a 1ª dele tbém …. e nossa vida está assim ki nem a sua.
    E bem ciumento, reclama dos meus amigos , do meu orkut, msn , das bandas ki eu gosto e estamos juntos a 9 meses !!
    A gente se ve de manha qndoe ele vai almoçar e a noite das 19:00 as 23:00 , sinceramente passar esse tempo toso com ele ate era chato, num tinha tanta liberdade pra mim como tinha antes , mas hje sei exatamente o quanto ele é importante na minha vida e não saberia mais viver sem ele , sem a implicancias e ciumeiras bobas , mas já costumei com tudo isso e sei tbém ki se ele é tão “pegajoso” é prq ele precisa de miim, por algum motivo …. e imgino ki deve ser o msmo com seu LOVE !

    Posso dar um conselho ?? (já dando rsrsrs)
    Dê muito valor a essa pessoa ki está do seu lado, pois concerteza ela te ama muito, e não espere perder ele pra vc perceber o qnto ele era importante na sua vida e ki ele necessitava muito mais de vc do ki vc dele…

    Seja FeliZ =D

    BjiinhO

  20. Sero disse:

    Esse Filippe é que deve ser meio louco, entre outros. Por que você quer dar conselho pra menina, se é você quem precisa aprender sobre amor? “Brincar de namorico” igual todo jovem não é amor não. É brincadeira de casinha versão teen.

    Que tipo de “sabedoria” você julga ter pra dizer que isso não existe? É a opinião sua, de um jovem que quer ser solteirinho. Eu digo: existe sim. Ficar trocando amor por amiguinhos, ISSO É QUE NÃO EXISTE. Coisa de adolescente que quer brincar de namorinho. Coisa de egoísta que não quer largar a vidinha pra um compromisso mais sério. Coisa de gente que tem mais amor em coisinhas fúteis como bandinhas, roupinhas, preferências ou amiguinhos falsos do que no companheiro. Particularmente, eu acho a maior tosquisse; desde quando amigos são melhores que amor? Alguém aí vai viver junto com amigos pra vida toda, casar com amigos, ter filhos com amigos? Quem deposita medos, confianças e condifências em amigos, esse sim, no meu ponto de vista, é carente de afeto e nem sabe o que é namoro de verdade; no máximo, o que é um namorico de criança. Minha namorada também é a única amiga que tenho e não sinto absolutamente A MENOR FALTA de qualquer outra amiga. Querem dizer que é doença? Podem dizer. Eu penso algo semelhante de vocês. Considero doença e infantilidade trocar um futuro sério por diversões fúteis de adolescentezinho. Recomendo terapia.

    Como tantos adolescentes metidos a sabichões aqui vêm criticar, dizendo que não existe? Ela é a prova que existe. Eu sou outra; penso exatamente da mesma forma. Namoro É UMA VIDA PRA SER VIVIDA A DOIS. Pensar que cada um é individual é criancice; vida de namorado não é igual vida de solteiro. Por essas e outras jovens não sabem coisa alguma sobre relacionamentos e vivem entrando em relações frustradas que mal duram alguns anos.

    Quem dá tanto valor a amigos é pessoa carente que nunca conheceu amor de verdade. Só finge saber o que é. Tem gente que devia aprender na vida antes de querer comentar aqui. Só porque todo mundo faz, aí acaba achando normal fazer também; é fácil fazer tonteira quando um monte de gente está tonteirando também.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo