Publicidade

Publicidade
01/09/2009 - 13:13

Traição: e quando é você quem faz a burrada?

Compartilhe: Twitter

Aqui neste blog, estou muito acostumado a falar de situações em que, no geral, são criadas pelos meninos. Eles não dão a devida atenção. Eles não se comportam. Eles não gostam dos meus amigos. Eles traem. Eles não são legais. Ok, de forma geral, o menino acaba realmente fazendo mais burradas do que as meninas nos relacionamentos. Isso porque, bem, todo mundo sabe que somos mais infantis. E isso já é comprovado: o homem realmente demora mais para encontrar a ‘maturidade’ plena (e eu acredito que a culpa disso é da sociedade, não nossa. Nascemos e crescemos com a ideia da vida capitalista, onde temos que trabalhar o máximo possível para sustentar a família, onde não podemos demonstrar os nossos sentimentos, senão somos rotulados e onde temos que provar a todo o tempo a nossa masculinidade, para sermos aceitos em grupos pequenos no decorrer da vida. Com essas ações, acabamos ‘travando’ um pouco na forma de encarar as coisas. Sem contar na forma que a mulher ainda é tratada, né? Mas isso é outra pauta.) Enfim. Mas e quando acontece o contrário? E quando as meninas que fazem alguma besteira no relacionamento, do tipo, traição? O que fazer? Contar? Esconder? Mentir? Continuar traindo?

Vou contar um segredo para vocês, meninas: nós também temos sentimentos. Podemos esconder muito, podemos não demonstrar carinho em público, podemos não ser ultraromânticos. Podemos não ser perfeitos. Mas temos. Lá dentro do coração, os ogros também amam. Eu acredito que todo relacionamento tem um motivo especial para acontecer, rola uma troca de sentimentos e carinho único e, quando isso morre, nasce uma possível explicação para a traição. Claro, ela deve ocorrer por vários outros motivos, como insegurança, medo, bebedeira ou, simplesmente, sacanagem mesmo. Os meninos levam a fama de ser infiéis, mas eu conheço uma penca de menina que namora há muitos anos e não estão nem aí para o valor do relacionamento, traem na cara larga, sem peso algum na consciência.

Se você, garota, está pensando em trair o seu namorado, reveja muito se vale a pena tal atitude. Pense, antes, em como você se sentiria se rolasse o contrário. Evite a traição. Sempre. Se um namoro não vai bem, termine-o. Não magoe o outro dessa forma, porque ninguém merece isso.

Caso você já tenha traído, eu acredito que a melhor coisa a se fazer é contar. Tenha vergonha na cara para assumir o seu erro e falar a verdade. Com a sinceridade, o garoto pode até acreditar que você se arrependeu de verdade e perdoar. Nunca esconda algo desse tipo. Um dia, de alguma forma, a mentira sempre aparece e nessa hora, pode ser que você esteja vivendo uma ótima fase com o seu namorado, que vai acabar sendo estraçalhada por uma baboseira que você fez no passado. A traição não se justifica. Nunca. Você traiu porque traiu. Diga o que rolou, como aconteceu e só. Agora você tem que esperar o menino entender e decidir o que irá fazer. É triste, é dolorido… Mas toda ação tem uma reação, né?

Aliás, isso vale para qualquer coisa. Sempre que fizer algo de errado escondido, conte. Por mais dolorido que seja, o melhor é sempre ser honesto. Por respeito, sabe?

E aí, você já traiu seu namorado? Conte aí nos comentários o que você fez para resolver a situação!

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags:

Ver todas as notas

176 comentários para “Traição: e quando é você quem faz a burrada?”

  1. Michelle disse:

    Eu coloquei gaia noo meu namorado e hj estou sofredo por causa disso agente tinha muitos planos e eu amo ele e ele disse que ñ tem mas confiaça mas em mim e eu estou gravida dele e ele nem sabe d nada.

  2. Rosângela Rodrigues Pereira disse:

    Eu trai meu namorado não so uma vez mais varias ai eu mim casei com ele e decide contar toda a verdade foi horrivel e dolorido passamos um tempo separados por iniciativa dele mais depois ele mim perduou e não mim deixou claro que eu sinto que a confiança dele comigo não é a mesma acabou completamente

    • EduG disse:

      Espero que um dia certos homens sejam homens de verdade para perdoar quando a mulher toma iniciativa e coragem de contar. Esse tipo de atitude é para poucas. Mulher para casar não é que nunca vai te chifrar (pois ninguém tá totalmente livre disso) mas a que sempre será verdadeira com você. E não essas vadias que optam sempre pelo lado egoísta, mais fácil, e preferem levar para o túmulo. Deixam o terreno bom para elas, mas o marido se torna um perfeito objeto manipulado nas mãos delas.
      Espero que ele te perdoe, na verdade, gostaria que ele lesse essa mensagem, pois as mulheres que não prestam são aquelas que não tem cumplicidade e verdade, o que não é o seu caso.
      edubsb32@yahoo.com.br

  3. Vanielly Silva disse:

    Eu terminei com meu namorado, e durante o tempo que passamos separados, tanto ele quanto eu se relacionamos com outras pessoas, depois começamos a no entender novamente.Mas ele de repente parou de falar comigo e no mesmo dia eu dei uns celinhos em outro menino. Sendo que não tínhamos voltado, ele tinha pedido um tempo nos nossos ficas para poder se preparar para o vestibular. E no dia que eu dei esses celinhos ele além de me deixar falando sozinha disse coisas desagradáveis. Ele depois descobriu e até hoje não me perdoou, pelo o que eu fiz e por não ter contado depois. E ele leva isso como traição e não confia mais em mim.Só que não estávamos namorando.E durante o todo o tempo que estamos realmente juntos(namorando sério) eu sempre fui e sou fiel a ele. E não sei o que eu faço pra provar minha fidelidade e que aquilo foi coisa de momento e por raiva! e que não mais vai se repetir.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo