Publicidade

Publicidade
14/07/2009 - 18:22

Internet: o que era para criar relações, destroçou corações

Compartilhe: Twitter

Desde quando o Orkut surgiu, em 2004, e entrou em ascensão, muitas histórias de casais que se separaram por causa da rede social apareceram por aí. Vamos entender: o Orkut, um site onde você se relaciona amigavelmente e através da tela de um computador com outras pessoas, virou o vilão. Ali, um espaço público em que qualquer indivíduo pode escrever e se expressar da forma que desejar, teve a força de terminar com milhares de centenas de namoros. Hoje, quase cinco anos depois, o Orkut já não tem mais a força que teve um dia. Poréééém, hoje temos o Twitter, o MySapce, o Facebook, o YouTube e todas esses outros sites que fazem parte de uma gigante rede, chamada Web 2.0, onde o intuito é se auto-promover. E desde quando auto-promoção é traição?

Entender e fazer parte da internet é um negócio terrível. A geração atual, por exemplo, já nasceu submersa em um mundo onde todo mundo é conectado entre si. Para os mais antigos, a internet é, ainda, uma novidade e incógnita. Tente explicar, por exemplo, para os seus avós qual é a graça de escrever, em 140 caracteres, o que você está fazendo em um determinado momento (aka Twitter). Claramente, a resposta será: “e pra que alguém precisaria saber disto?”. Ao mesmo tempo em que é complicada, a internet encanta. Nela, você pode ser qualquer pessoa. Se, por acaso, encontrar alguém no Facebook que seja fã de histórias em quadrinhos, você pode, com ajuda da Wikipédia, se tornar o maior fã de Super-Homem da face da Terra e virar noites conversando sobre o assunto com essa nova pessoa, que virou sua melhor amiga instantaneamente, mas que você nem sabe o rosto (e a foto não vale. Até os leigos usam Photoshop!).

Pois bem, para os que namoram: vocês já devem saber a trabalheira que a internet dá, né? Possivelmente – e eu acredito fielmente que todo mundo que está lendo esse blog já passou por uma crisa de web algum dia – o maior problema ainda não é a internet, mas sim o seu namoro. Se vocês dão shows de ciúme por causa de qualquer scrap, é bem provável que exista entre vocês dois alguma lacuna não preenchida, insatisfeita, que gosta de gerar uma tensão entre os dois. Antes de se namorar alguém, é obrigatório que você esteja totalmente bem consigo mesma, que você confie no seu taco e que esteja apta para se abrir e aceitar mudanças para se relacionar com uma pessoa diferente de você. Estando bem com tudo isso, provavelmente a internet já não causará muitos problemas – assim como várias outras coisas.

Para você que é conectada e entrou em uma relação com alguém que também é totalmente online, você vai precisar, antes de tudo, aprender a ceder. Cara, esse é o tipo de relação mais difícil que existe. Em meio à todo aquele lance de postar fotos no Orkut, no Fotolog, receber e responder comentários, você está criando, do outro lado, uma pessoa doente para ter o mesmo. Nas relações, é difícil encontrar alguém que aceite ouvir o outro ser elogiado o tempo todo, mas não receber nenhum elogio. Provavelmente, se isso acontece com você, o seu parceiro vai sair por aí sedento por carinhos e afins. É triste, porque parece birra de vez em quando, mas é sempre uma insegurança muito grande que as pessoas têm. Além de toda essa questão de imagem na internet, vocês ainda vão precisar aprender a lidar com a questão de responder ou não as pessoas, avaliar o tom das conversar, ver maldade em tudo que você receber, entender o outro, saber diferenciar diversão, pegação, amizade e contatos… Enfim, é um trabalho muuuuito grande a ser feito. Não adianta simplesmente desligar o fio e ficar offline, não. Você não precisa mudar o que você gosta para namorar alguém – e nem o outro precisa fazer isso por você. O que é necessário é trabalhar para que o meio termo seja encontrado, para que os dois aprendam a se respeitar e não ter crises de ciúme quando acontecer algo inesperado. É assim que a web funciona, de surpresas. E você tem que estar pronta o tempo toda para encará-las de forma madura, com noção de que aquilo – por enquanto – é virtual.

Se antes as meninas tinham medo da Playboy, hoje elas teriam que ter medo dos provedores! A internet é um poço de pornografia, de mulheres nuas, de poses sensuais que convidam os meninos – e as meninas – para ‘participar’. Tá vendo como tudo é muito grande e como não dá para tentar agregar, entender e solucionar tudo em um namoro? Então o que se recomenda: viver! Não ligue para a internet, para as pessoas que te cercam, para qualquer empecilho que o seu namoro possa ter. Só viva ao lado dele os momentos que vocês passam juntos, para tentar fazer daquilo o melhor namoro do mundo e tenha a certeza de que, depois, você não irá se arrepender de nada. É assim, nessa ‘rede’ que a gente deveria se espelhar…

E você, tem muitos problemas com a internet em seu namoro? Comente, a gente vai tentar ajudar, rs.

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , , ,

Ver todas as notas

51 comentários para “Internet: o que era para criar relações, destroçou corações”

  1. lilo disse:

    Quem já está num relacionamento e busca ou se diverte com outas na net… é porq tá descontente com o conpanheiro(a)!
    E convenhamos nada como o contato físico…a fantasias fica mais divertida!

  2. De Rita para Regina disse:

    Casamentos não são desfeitos por causa da Internet, se isso acontece foi uma desculpa usada para dar fim a algo que já não vinha bem…. Às vezes um papinho na net não faz mau algum, pelo contrário, renova as amizades e as idéias e vc vem para seu parceiro renovado e mais tranquilo e feliz, louco daquele que tem ciúme de uma conversa virtual que não vai render nada, só quem sabe um pouco de libido que vc usa depois com seu parceiro, é a mesma coisa que ter ciúme de foto de mulher pelada, uma idiotice e fonte de muita dor de cabeça…Concorda?

  3. Brenda Kellen disse:

    Cara , é incrivel mesmo como essa internet só serve muitas vezes para gerar brigas , são garotas e garotos que veem no orkut que o relacionamento está como namorando de ambas as partes e dão em cima na maior cara de pau mesmo , sem ao menos ninguém ter dado moral, e se agente for educada(o) , já pensam que agente tá dando bola , mas na maioria das vezes são meninas que fazem isso ,não se dão valor e não se respeitam , quem dirá respeitar a namorada do menino que pra elas é gato e que elas querem por que querem , não ligam ao menos para o sentimento da namorada , elas querem é “agarrar” aquele menino .
    já fui muito vítima disso ¬¬’

  4. prisila sales disse:

    muitas coisas ditas assima, eu nao concordo por exemplo fingir que nada esta acontecendo, e nao se importar com cometarios porque atras de um comentario pode ter muitas coisas como uma traiçao, se fingirmos nao esta nem ae e a mesma coisa de nao nos importar em ser traido.por isso eu acho q o orkut por ex. ajuda muitas pessoas a ficarem muito espertas com seu namoro e um modo de espiarmos tudinho sem ate q possa nos ver no meu casso p exemplo eu deixei de ser enganada e passei a enganar.

  5. Leandro disse:

    O texto é bom só não achei legal essa parte “Se vocês dão shows de ciúme por causa de qualquer scrap, é bem provável que exista entre vocês dois alguma lacuna não preenchida, insatisfeita, que gosta de gerar uma tensão entre os dois”.
    Isso não tem nada a ver, quero ver chegar qqer scrap um pouco mais sem limite pra ver se tanto homens qto mulheres não tomam uma atitude mais radical.

  6. LILLI disse:

    A TRAICAO NA INTERNET TEM O MESMO PESO QUE UMA TRAICAO REAL PELE A PELE?????

  7. Diego LM disse:

    É por isso que eu só passo a vara nas safadas no real, nunca no virtual! Bando de nerds q querem ser malacos pela internet, tem muito a aprender comigo.

  8. Anonimo disse:

    Cara, vc do blog não tem culpa das pesosas que escrevem aqui.

    Mas existem muuuuitos erros de português aqui!!!

    Pessoal, estudem mais !

  9. Anonimo disse:

    Diser e com Z

    distãncia é com ^ não com ~

    etc etc !!

  10. rafael disse:

    internet é obra do inimigo principalmente orkut eu ja rodei rsrs

  11. mel disse:

    sinceramente,eu acho um gênio quem inventou esse orkut!!! É o maior meio de comunicaçaõ,e intercambio cultural que se possa ter.
    Acho que as pessoas estão carente de amor,caridade e humildade,e estão muito inseguras em relação a tudo e todos,e sem contar as invejas que o o povo tem em relaçaõ a felidades dos outros.acredito no amor pela internete e encontrei alguém especial e estamos juntos dois anos,ele é deficiente,mas é romantico,senxual,e acreditamos no amor verdadeiro.

    Pessoal,não desista de procurar,e ame muito,tenha amigos,e faça da rede um intercambio,mas cuidado com os lobos com pele de cordeiro.

    Ha!!!

    Não espalhe sua felicidade,pois o sono da inveja e leva….

    beijos
    boa sorte

  12. Edvaldo José Ferreira disse:

    O que precisamos aprender, no mundo atual, é diferenciar as coisas. Vivemos numa sociedade cada vez mais imersa nos mares da internet. Observamos o advento de um novo padrão de sociedade descortinar no horizonte, no qual as relações sociais se iniciam e muitas terminam na tela de um PC, de um notebook, etc. Precisamos, a partir dessa realidade, pautar as nossas atitudes “on-line” pela seriedade e pela maturidade, usando a Internet da maneira certa, visando melhorar a nossa qualidade de vida e aprofundar o nosso conhecimento. É uma pena que muitos meninos, e meninas, se deixem influenciar pelo falso glamour das infidelidades digitais.

  13. caroline disse:

    Sem contar q meu namoro acabou por causa desse orkut… aiai se eu soubesse nunca teria feito um para mim..

    E hj em dia não consigo ficar sem

    A tatica que eu uso é nunca adicionar a pessoa com quem voce esta no momento, que ai não vai ter fotos para voce querer ver, e nem a curiosidade da tal páginas de recados…
    Aprendi muito!

    Boa sorte para todos

  14. Delcio disse:

    Não só pode como já é o segundo caso na minha família.
    A minha esposa se separarou de mim, Ela tem ciúmes de me ver no computador.
    Já a minha irmã, o seu ex-marido, preferia a net do que dormir na mesma cama que ela, e olha que minha irmã, literalmente, é boa…
    Até as contas do troxa Ela é quem pagava…
    VAI ENTENDER, TEM TROXA PARA TUDO, NÉ.

  15. Leonardo disse:

    Amo ler e escrever; gostei muito da sua crônica, vc tem potencial…

  16. Jéssica disse:

    Boom eu nunca briguei com meu namorado por causa de internet…acho besteira…agora eu dá pra bloquear as fotos e talz nem ligo mais :)
    Eu bloqueio tudo não deixo comentários idiotas e depoimentos só de quem eu quero e a pag de recados toda dele.
    No msn só converso com ele , o irmão dele, com meus familiares distantes e algunas amigos que mudaram de escola coisa do tipo…mais salvo tudo as conversas pra não ter oq ue falar depois. Obom é que ele nem entra muito…rsrsrsrs e o orkut dele quem controla mais sou eu…ele me deu a senha e tudo mais pra eu colocar fotos as coisas…estou sempre por lá.Não ligo mais pra net :) ja liguei + agora axo besteira e perca de tempo.Ciumes coisas sempre tem…mais não vale a pena brigar pro poucos ¬¬
    Beijos;*

  17. Karina disse:

    No meu caso, a Internet serviu pra unir! Conheci meu namorado numa comunidade do Orkut e nós nos adicionamos! Ele veio pra minha cidade e nós começamos a namorar.
    Mas normalmente, exige muuuuita confiança MESMO! Tem que saber com quem você se relaciona e confiar no seu taco.
    Esse texto é a mais pura verdade. É difícil, mas não é impossível, né?!

  18. jéssica disse:

    Caray vei isso e o que mais acontece.Comigo mesmo ja aconteceu varias vezes.
    As vezes eu ia olhar minha pagina de recados,e tava la uns recadinhos meio indiscretos de garotos amigos meus chamando pra sair as vezes chamando de meu amor e talz
    quando eu via esses tipos de recados eu entrava em desespero nem respondia corria e apagava logo,so que ja era tarde ja aconteceu varias vezes de assim que eu apagava o recado o meu NAMORADO ja mandava um recadinho em seguida:NEM ADIANTA APAGAR QUE ESSES RECADOS AI EU JA VI ai começava as brigas oiuiuoiuoiuoi no começo ate que era legal mais depois virou um inferno. Meu namorado era 24 hrs fuçando os meus recados [/va se fuder ne? tem que ter confiança vei.¬¬’

  19. Jéé disse:

    Ainda mais que na internet as vagabundas são mais descaradas ainda ;@ Eu vigio meu gato sempre, vigio mesmo! hahahaha

  20. Jéé disse:

    Ainda mais que na internet as vagabundas são mais descaradas ainda ;@ Eu vigio meu gato sempre, vigio mesmo! hahaha Amei o post! Parabéns pelo sucesso! Um dia serei igual a você *–*

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo