Publicidade

Publicidade
14/07/2009 - 18:22

Internet: o que era para criar relações, destroçou corações

Compartilhe: Twitter

Desde quando o Orkut surgiu, em 2004, e entrou em ascensão, muitas histórias de casais que se separaram por causa da rede social apareceram por aí. Vamos entender: o Orkut, um site onde você se relaciona amigavelmente e através da tela de um computador com outras pessoas, virou o vilão. Ali, um espaço público em que qualquer indivíduo pode escrever e se expressar da forma que desejar, teve a força de terminar com milhares de centenas de namoros. Hoje, quase cinco anos depois, o Orkut já não tem mais a força que teve um dia. Poréééém, hoje temos o Twitter, o MySapce, o Facebook, o YouTube e todas esses outros sites que fazem parte de uma gigante rede, chamada Web 2.0, onde o intuito é se auto-promover. E desde quando auto-promoção é traição?

Entender e fazer parte da internet é um negócio terrível. A geração atual, por exemplo, já nasceu submersa em um mundo onde todo mundo é conectado entre si. Para os mais antigos, a internet é, ainda, uma novidade e incógnita. Tente explicar, por exemplo, para os seus avós qual é a graça de escrever, em 140 caracteres, o que você está fazendo em um determinado momento (aka Twitter). Claramente, a resposta será: “e pra que alguém precisaria saber disto?”. Ao mesmo tempo em que é complicada, a internet encanta. Nela, você pode ser qualquer pessoa. Se, por acaso, encontrar alguém no Facebook que seja fã de histórias em quadrinhos, você pode, com ajuda da Wikipédia, se tornar o maior fã de Super-Homem da face da Terra e virar noites conversando sobre o assunto com essa nova pessoa, que virou sua melhor amiga instantaneamente, mas que você nem sabe o rosto (e a foto não vale. Até os leigos usam Photoshop!).

Pois bem, para os que namoram: vocês já devem saber a trabalheira que a internet dá, né? Possivelmente – e eu acredito fielmente que todo mundo que está lendo esse blog já passou por uma crisa de web algum dia – o maior problema ainda não é a internet, mas sim o seu namoro. Se vocês dão shows de ciúme por causa de qualquer scrap, é bem provável que exista entre vocês dois alguma lacuna não preenchida, insatisfeita, que gosta de gerar uma tensão entre os dois. Antes de se namorar alguém, é obrigatório que você esteja totalmente bem consigo mesma, que você confie no seu taco e que esteja apta para se abrir e aceitar mudanças para se relacionar com uma pessoa diferente de você. Estando bem com tudo isso, provavelmente a internet já não causará muitos problemas – assim como várias outras coisas.

Para você que é conectada e entrou em uma relação com alguém que também é totalmente online, você vai precisar, antes de tudo, aprender a ceder. Cara, esse é o tipo de relação mais difícil que existe. Em meio à todo aquele lance de postar fotos no Orkut, no Fotolog, receber e responder comentários, você está criando, do outro lado, uma pessoa doente para ter o mesmo. Nas relações, é difícil encontrar alguém que aceite ouvir o outro ser elogiado o tempo todo, mas não receber nenhum elogio. Provavelmente, se isso acontece com você, o seu parceiro vai sair por aí sedento por carinhos e afins. É triste, porque parece birra de vez em quando, mas é sempre uma insegurança muito grande que as pessoas têm. Além de toda essa questão de imagem na internet, vocês ainda vão precisar aprender a lidar com a questão de responder ou não as pessoas, avaliar o tom das conversar, ver maldade em tudo que você receber, entender o outro, saber diferenciar diversão, pegação, amizade e contatos… Enfim, é um trabalho muuuuito grande a ser feito. Não adianta simplesmente desligar o fio e ficar offline, não. Você não precisa mudar o que você gosta para namorar alguém – e nem o outro precisa fazer isso por você. O que é necessário é trabalhar para que o meio termo seja encontrado, para que os dois aprendam a se respeitar e não ter crises de ciúme quando acontecer algo inesperado. É assim que a web funciona, de surpresas. E você tem que estar pronta o tempo toda para encará-las de forma madura, com noção de que aquilo – por enquanto – é virtual.

Se antes as meninas tinham medo da Playboy, hoje elas teriam que ter medo dos provedores! A internet é um poço de pornografia, de mulheres nuas, de poses sensuais que convidam os meninos – e as meninas – para ‘participar’. Tá vendo como tudo é muito grande e como não dá para tentar agregar, entender e solucionar tudo em um namoro? Então o que se recomenda: viver! Não ligue para a internet, para as pessoas que te cercam, para qualquer empecilho que o seu namoro possa ter. Só viva ao lado dele os momentos que vocês passam juntos, para tentar fazer daquilo o melhor namoro do mundo e tenha a certeza de que, depois, você não irá se arrepender de nada. É assim, nessa ‘rede’ que a gente deveria se espelhar…

E você, tem muitos problemas com a internet em seu namoro? Comente, a gente vai tentar ajudar, rs.

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , , ,

Ver todas as notas

51 comentários para “Internet: o que era para criar relações, destroçou corações”

  1. rafaela disse:

    PRATICAMENTE NO MEU CASO NAUM É NAMORO MAS QUANDU TIPU VC TAH AFIM D UM GAROTU E TALLS AI ELE VAI FUSSA NO SEU ORKUT VE SEUS DEPO, OS SEUS SCRAPS(AINDA BEM Q ESSE JAH DAH PRA APAGAR ATE DEXO ASSIM NA PAG. DE RECADOS LEIO ,RESPONDO E APAGO!!)E “PRINCIPALMENTE OS COMENTARIOS NAS SUAS FOTUS” NUSS DAH UMA RAIVA!!!E NO MEU CASO A MAIORIA DOS MEUS AMIGOS É TD HOMEM NAUM SO´N ORKUT MAS TBM NA VIDA REAL AI FIKA MEIO COMPLICADO PQ ELES VIVEM PERGUNTANDUU S TEM NAMORADOOU FICANTE AI EU FALO Q NAUM AI ELES VC TEM CERTEZA(AFF Q PERGUNTA S TO DIZENDU Q NAUM É PQ EU NAUM TO E TAH ATE NO MEU PERFIL SOLTEIRA!!)
    PS:CAIO ADOOROO O SEU BLOG MUITO BOM MESMUU PARABENS!!

  2. Karenn Lucy disse:

    Eu adorei esse texto e concordo . Eu nao consigo imaginar minha vida sem a internet, fiquei 1 semana sem net , fiquei louca . Eu devo muito a ela , pois ela me ajudou e me aproximou muito o meu namoro , mas tipo , só quem namora e gosta de verdade consegue entender como o sangue ferve quando voce ve ‘aquele scrap suspeito’ é muito dificil lidar com isso nuuma boa , tanto que a primeira crise que tive com meu namorado foi por conta de internet , Os amigos querem brincar , zuar , acabam atrapalhando sem perceber , e a gente ficar sem saber como falar desse assunto , lidar com isso , sem ser tachado de chata , ou ciumenta , Mas é normal e acho que faz parte de todo relacionamento =)

  3. ana disse:

    afê . . .! Coloca problema nisso, nós dois temos a senha do meu orkut e há um tempo atrás aparecia meninos qe eu adc² na lista de favoritos sabe? gatos e paqueras? Aparecia também nos amigos, quando a gente seleciona os fãs, se a pessoa é legal confiavel sexy? No começo desconfiava do meu namorado . . . ashando qe fosse ele que fizesse isso . . . mas graças a Deus tudo isso teve um fim e não aparece mais nada =D e é 1 ano e 2 meses =D

  4. Natália disse:

    Bem, eu vivia incomodando meu namorado por causa de conversas q ele supostamente teve no msn com amigos e amigas. Eu cheguei a fazer uma “armadilha” pra ele, pedindo a senha do orkut e msn dizendo q eu keria dividir a senha -ele axou uma graçinha e me passou. Assim, eu consegui acessar tudo dele Eu entrava no orkut, msn, e-mail, tudo pra ver c tinha algo pra eu descobrir. Aproveitava os dias q ele estava offline no msn pra entrar como se fosse ele e conversar com algumas garotas, mas nunca encontrei nada de errado. O texto diz exatamente o q acontecia. Tinha algo de errado entre nós, e era isso q me fazia ter esses impulsosde procurar e procurar sempre por algo de errado vindo da parte dele.
    Um dia, soltei tudo o q sentia q havia de errado nele (algumas coisas q ele fez quando eramos amigos-fomos amigos durante mto tempo antes de namorarmos), e meio q colocamos os pingos nos Is, e toda essa minha loucura de ficar procurando e procurando acabou.
    Realmente, a gnt tem q ver o q tá acontecendo com a gnt antes de sair falando q o problema é internet e afins!

    Adoreeeei o texto =D

  5. M disse:

    Tenho um grande-pequeno problema. Vou resumir. To namorando, o primeiro, vai fazer um mês. Não to deslumbrada, normal. Mas ele, pqp. É clichê pra la, piegas pra cá, me sinto numa novela! E o pior é que mora longe (muita conversa pela internet) e vive-morre por orkut. Pra ter noção, mudou o nome, paixão, par perfeito, botou foto minha e etc. com dois dias de namoro! Tipo: WTF? O ORKUT É TEU BOTA TEU NOME! E quem se importa? Já estou maaais do que satisfeita com o status “namorando”!

    Tento não ligar, mas não dá! Essa história de orkut=vida me dá nos nervos! Sabe aquele nojinho que vai juntando, juntando e te dá uma nausea braba?

    Meu dilema é: como dizer que isso tudo me incomoda sem machucar, sem parecer ‘insensível’? Sei que ele vai achar ruim porque pra ele aquele caralho daquela página tem que ter tudo da vida dele. Mas o que vale no final, eu ou o ego inflado pelos comentários?

    ps: eu to me lixando pra safadinha no orkut! não sou bonita nem gostosa nem nada, mas eu confio no meu taco! Além do mais, EU estou certa por ser sincera, o errado – e idiota – é ele por se achar gostosão com traição pela net..

  6. Adriana - iiintensamente.blogspot.com disse:

    Puts, orkut é foda msm!

    Acho q tem q ter uma coerencia no relacionamentos, senão essa pequenas divergências do orkut/msn, enfraquecem o msm.

    Tem scraps, q vc lê e pode interpretar de mil formas, e vale lembrar q tem mina por ai, q acorda kerendo ‘fazer o mal’, tipo infernizar msm, pra gente vale ficar esperta né?!

    Otima matéria Caio, dps conto uma novidade rs, pq td são bem legais!!

  7. Isaabelle shu ; disse:

    Nunca sei como levar um pé na bunda. sinto orgulho em dar , mas qdo recebo fico mt frustrada noossa , mas a maté mt boa. me ajudou mt :*

  8. Renata carvalho disse:

    podes crer !
    isso mesmo já aconteceu comg, tive inumeras brigas porcausa disso, enfim .. acabei exluindo o meuo orkut, e accho que não foi a melhor saida :(

  9. Caio, adoro seu blog, parece que cada matéria se encaixa em um dia da vida de cada adolecente. voce esclarece muitas coisas e nos faz perceber que não estamos sozinhas, que nao somos estranhas e há muita gente parecida com nós, com “problemas” iguais ou piores que os nossos, leio tudo, de matéria a comentarios, para saber a opinião das pessoas e conhecer nvoas pensamentos.. beijos :** uma fãa!d

  10. Ramon disse:

    Adorei a parte do, se tem ciumes é porque falta alguma coluna dentro de você, e resulta em criando intrigas no relacionamento! Namoro a 1 ano e meio ja, e internet sempre foi motivo pra travar guerras, que nao servem pra nada as brigas, nao melhora e nem piora o relacionamento. Creio que isso vai de pessoa para pessoa! è uma luta dentro de mim, e tenho que trabalhar nisso, controlo o meu ciumes, e nao deixo ele a ‘flor da pele’, mas é dificil, confesso ;(

  11. gabi disse:

    eu conheci um garoto no msn e ele quer sair comigo o q eu faço?

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo