Publicidade

Publicidade

Arquivo de dezembro, 2008

20/12/2008 - 08:10

Por que os meninos nunca perdoam uma traição?

Compartilhe: Twitter

A traição é um daqueles assuntos que a gente nunca se cansa de falar. Ela é tão complexa e indefinível que eu posso ficar dando milhares de motivos para ela acontecer que eu nunca vou conseguir convencer ninguém de que estou certo. Pois bem, alguém já conseguiu reparar que as meninas, geralmente, quando são traídas, perdoam o seu parceiro com uma facilidade tremenda? É fácil: basta o menino pedir desculpas, mandar um buquê de flores e fazer cara de cão arrependido que a moça, com 100% de certeza, cai nos encantos dele. Agora, quando é o contrário, já reparou que os garotos nunca perdoam? Por que será?

Tudo gira em torno do orgulho. Os homens, por mais românticos que sejam, sempre são muito mais orgulhosos. Bem mais do que as garotas. A gente não aceita a idéia de ter sido trocado, de que nossa menina passou pelas mãos de outro cara enquanto estava conosco. Isto dá um tapa em nosso ego que vocês não têm idéia. As mulheres, geralmente, são mais ‘moles’ do que nós, por isso é tão fácil fazê-las acreditar que mudamos. Ontem, como alguém me disse, só podemos acreditar que uma pessoa realmente mudou depois que dois anos se passaram sem que esta pise na bola novamente. Talvez seja por isto que os meninos sejam mais durões. Não somos tão utópicos quanto as meninas, somos realistas e acreditamos que, se rolou uma vez, nada impede que role de novo. Além do mais, sempre rola aquele sentimento de que ‘não fomos bons o suficiente’.

Para fazer um homem acreditar que você mudou e gosta dele, não irá fazer mais o que fez, pode ser meio complicado. Talvez você tenha que passar por uma fase bem complicada no seu relacionamento, sendo bem suscetível às mudanças de humor do menino e paranóias que ele irá criar para a relação de vocês. Acredite, esta será uma das piores fazes da sua vida e, muitas vezes, você irá contestar se está valendo a pena tudo o que está fazendo. Para fazer um cara dar o perdão, você terá que ter certeza de que o quer, pois vai sofrer muito para consegui-lo.

Um homem com o orgulho ferido é um homem que perde esperanças e sente que jogou muito tempo da sua vida no lixo. Por isso, você terá que reconquistá-lo a cada minuto, mostrar as coisas boas da relação e, além de tudo, mostrar o que você é de verdade. Acredito que um dos motivos de sermos assim é a nossa própria criação, a necessidade de passarmos uma imagem dura que a sociedade impõe às pessoas do sexo masculino. Talvez, psicologicamente, a culpa nem é nossa.

E você, já traiu algum menino que não te perdoou? Conte a sua história nos comentários!

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , ,
10/12/2008 - 13:05

A deliciosa sensação de receber um não. Na hora do sexo!

Compartilhe: Twitter


Foto de Nara Osga/ SXC

Existe coisa mais chata e desconfortável do que receber um chega prá lá na hora que você está pegando fogo na cama? Sério, pensa como é triste isso. Você ficou, vá lá, uma semana toda longe do seu namorado e, no final de semana, chega louca de saudades. Além de fazer as coisinhas de sempre, como abraços, beijos, jantinhas e carinhos, você, na real, não vê a hora de acabar trancada com ele no quarto para se divertir um pouco e matar a saudade da melhor forma possível: fazendo sexo. E eis que… Ele liga a televisão.

Sabe aquela música de episódio de desenho animado que toca quando algo dá errado? Parece que, neste instante, ela passa pela sua cabeça. Não existe, no mundo, algo mais deprimente e enlouquecedor do que você ser deixada de lado quando quer algo a mais. A sensação que vem é de medo – por ele não gostar mais de você, de medo número 2 – por ele estar saindo e se satisfazendo com alguém – e vergonha – por que você comprou aquela lingerie rosa cheia de badulaque que te incomodou a noite inteira e ela não serviu de nada. Pior: parece que quando estas coisas acontecem, o garoto fica tão desligado que não dá a mínima para você. Daí não tem jeito, a noite já se estragou e você vai ter que recorrer a algum programa legal de televisão (se ele não controlar o controle remoto, é claro). Existe alguma coisa para se fazer? Como driblar o tesão?

Aninha, uma leitora do iBoy, mandou um e-mail perguntando todas estas coisas juntas e desesperada, pois ela pode ver o namorado uma vez a cada duas semanas e, por incrível que pareça, bem nestes dias, ele está desanimado. Ana disse que confia muito no seu garoto, mas não sabe o que acontece com ele e ela queria saber se existe alguma forma de dar um drible na vontade de fazer sexo quando ele não rola na hora esperada. Olha, Ana, vou dizer que é complicado…

Primeiro, a sensação de levar um “não” na cama é uma das piores possíveis, realmente. Logo que isso acontecer, você deve tentar entender – e é complicado – que o seu garoto pode ter tido uma semana difícil, estar cheio de problemas e coisas que estão deixando-o triste. Depois de pensar nisso tudo, o que resta a fazer é aproveitar o momento para ser fofa com ele. Converse um pouco sobre os acontecimentos da semana, discutam, façam fofocas. O mais legal é conseguir dar a volta por cima na situação chata que se cria depois do “não”.

“Tá, Caio, você disse isso tudo e eu já estou cansada de tentar. Isso porque ele nunca quer nada comigo, mas daí, no meio da semana, ele liga morto de tesão dizendo que quer fazer sexo. Eu, que não posso, faço o que?”

É típica esta situação. O garoto te ignora hoje e, no dia seguinte, parece que está com o maior fogo do mundo. É natural a gente começar a achar que a gente perdeu a graça ou estamos sofrendo algum tipo de problema. Nesses casos, ser sincero na relação é fundamental. Através de uma boa conversa, vocês podem conseguir se entender e o garoto pode se abrir a você e contar o que está rolando com ele.

E você, já passou por alguma situação parecida na hora H?

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos, sexo Tags: , ,
02/12/2008 - 13:01

E depois da bota… a esperança?

Compartilhe: Twitter

* Antes de tudo, devo agradecer a Thaís, do Dica do Dia, que me colocou na seleção dos 10 blogueiros mais bonitos. Tha, um beijão e obrigado =)

É normal que, quando a gente começa a namorar, nossa vida passe por várias reformulações. A primeira coisa que perdemos, como já disse aqui antes, é a liberdade. Liberdade para sair, liberdade para conhecer pessoas, liberdade para ter um estilo de vida que não se compartilha, enfim, liberdade para viver a nossa vida. Junto com essas mudanças, a gente acaba se afastando totalmente das outras pessoas que nos cercavam e deixamos de lado vários hábitos antigos, como, por exemplo, a balada de sexta-feira com os amigos do colégio.

Enquanto se namora, nada disso é problema. O susto aparece quando tomamos uma bota. A primeira pergunta que vem na cabeça é: “E agora?”

1 – De volta pro mundo
Depois da bota, precisamos nos reerguer socialmente. Como assim? Quando a gente namora, a gente deixa que o nosso namorado se torne a nossa vida e, por isso, esquecemos de alguns amigos, colegas e conhecidos. Depois de solteira, é à eles que você vai ter que pedir socorro. Comece a se envolver novamente nos programas que tinha costume, converse com todo mundo, marque baladas, vire a noite na internet procurando novas pessoas no Orkut. Não importa, você precisa de novos contatos, você precisa restabelecer velhas conexões para conseguir passar por essa fase ‘ruim’ da sua vida.

2 – É hora de ficar bonita
Eu sempre fui um dos adeptos de que temos que estar bonitos sempre para o nosso amado. Não importa se a gente já arranjou uma pessoa especial para compartilhar a vida, a gente sempre tem que continuar se cuidando. Desleixou um tempo porque achou que já achou o cara? Então é hora de voltar com o regime, de sair para fazer compras, de fazer um curso de maquiagem e cortar o cabelo. Dê uma repaginada. Namoro velho, vida nova.

3 – Velho é novo
Quando a gente está com alguém, sempre pegamos os mesmos hábitos da pessoa. É incrível como nossa essência muda e como conseguimos gostar, por exemplo, de bandas que nunca pensávamos em escutar. Tudo para surpreender o gato e para ter assunto com ele. Agora é a hora de aproveitar a sua vida e curtir aquilo que você gosta. Pegue os seus CDs antigos, vá ver os filmes meloso que você sempre adorou, coma pipoca doce ao invés de salgada, pegue o chocolate branco. A vida agora é só sua, nada de compartilhar mais gostos com alguém.

4 – Gaste
Se você trabalha, sabe como é difícil manter um namoro. Você sempre tem que ter uma graninha guardada para quando vocês vão jantar naquele restaurante mais caro ou quando você tem que comprar presentes para ele no meio do ano (para fazer um mimo, uma gracinha. Supervale a pena) ou até para as viagens de meio de ano juntinhos, debaixo das árvores, com os passarinhos do campo… Chega disso. Agora toda a sua grana é sua. Gaste com você, compre o que quiser, vista-se do seu jeito, realize todos os seus desejos. É a hora de gastar as economias do Natal à dois para um só…

5 – Quem não namora, não aprende
Acabou? Então tem que começar. Agora que você está livre no mercado, tem que começar a procurar outro ombro para se apoiar. Além de refazer todos os seus amigos e contatos, fique de olho bem aberto para futuros casinhos que podem surgir. Essa é a hora que você tem para se sentir mais bonita, desejada, querida pelas outras pessoas. Coisa que, no seu namoro, provavelmente você perdeu, já que seu namorado querido sempre elogiou o vestido alheio, mas nunca reparou no item idêntico que você tem no seu guarda-roupa.

6 – Amassa e joga fora
Um erro grande é lamentar as dores do passado. O cara te deu uma bota? Então é ele que te jogou para o mundo. Se quiser ter lembranças, guarde todas as fotos e recadinhos em uma caixa, para você poder ler depois, mais tarde, quando já tiver superado. Agora não é a hora de fuçar o Orkut dele em busca de recados alheios ou coisas assim. Deixe o cara respirar, ter um tempo sozinho. Quem sabe ele não sente falta?

7 – A esperança é a última que morre
Muitas vezes, quando a gente termina um namoro, sempre ficamos esperando que a pessoa irá se arrepender duas horas depois e ligar implorando por perdão. Acredite, eu já fiz isso. Mas a vida não funciona assim. Se o cara teve a iniciativa de dar um basta, então aproveite o tempo e tente pensar um pouco na sua vida. Tente avaliar o quanto você perdeu com ele e o quanto você ganhou. Um namoro sempre tem os seus lados ruins, mas são os bons que fazem dele inesquecível. Agora é hora de botar tudo em cima da mesa e ver o que realmente vale a pena.

8 – Amanhã eu vou…
Chega de se planejar. O futuro agora é incerto. Viva =)

E você, tem mais dicas para “o dia depois da bota”?

Autor: - Categoria(s): Relacionamentos Tags: , , ,
Voltar ao topo