Publicidade

Publicidade

Arquivo de maio 14th, 2008

14/05/2008 - 12:30

É hora de dar tchau. Agora oi. Agora tchau. Oi?

Compartilhe: Twitter

Tem um momento no relacionamento em que a confusão predomina na cabeça de ambos. Com tantas brigas, diferenças, chateações e afins, os pombinhos começam a se transformar em águias e não deixam passar nada. Qualquer deslize, por menor que seja, vira motivo de uma briga gigante e, depois disso, o final da relação. No outro dia, quando os ânimos acalmam, a saudade bate e o telefone toca. É ele! E suplicando por perdão. Tem coisa melhor?

Sim, é claro que tem. Não conta pra ninguém, mas é muito bom quando a gente briga ver que a outra pessoa está correndo atrás e se arrependendo, não é? Só que isso deve acontecer uma ou duas vezes na vida, não virar rotina. Acredite, com tantas brigas e vaivém, você só irá se desgastar. E, o pior, as elas nunca irão acabar.

Então lá vai o guia de etiqueta para momentos de ira:

1 – Brigou? Não termine, não jogue a aliança, não xingue, não ofenda. Só um pouco, vai!

No momento da briga, os ânimos esquentam, eu sei. Mas tente se controlar. Respire fundo, deixe a pessoa falar o que quiser e esfriar a cabeça. Depois, quando os dois estiverem mais calmos, sente e converse. Não adianta querer culpar um ao outro na hora da discussão. Nesse momento, você sempre vai querer estar com a razão. E a verdade é que todo mundo erra, inclusive você.

2 – Terminou? Mande flores!

Depois do término do namoro, os dois querem ficar quietinhos, respirando e pensando na vida, certo? Se você não quer, de fato, acabar de vez a sua relação, então surpreenda! Mande flores, chocolate, ursinho de pelúcia ou, melhor, vá até a casa dele! Deixe um pouco o orgulho de lado e faça alguma coisa para salvar o seu relacionamento. Afinal, isso é um assunto de seu interesse, né?

3 – Ele estava bêbado…

Então ignore tudo o que ele disse. Bêbado, as pessoas falam tudo o que lhes vêm à cabeça. Algumas vezes pode ser verdade, outras não. Na dúvida, ignore, esqueça. Ele pode falar várias coisas que te possam te magoar, depois, se quiser, pergunte o motivo de tais coisas, mas nunca leve nada a sério.

4 – Ele é um pé no saco

Tem gente que, para sair ganhando em uma briga, utiliza de tudo. Então a pessoa começa logo exemplificando com relações passadas, te comparando com outras meninas, falando coisas íntimas e tudo o mais. Daí, é claro, ele tem que mudar o jeito de ser. Isso pode levar um tempo, mas se a pessoa gosta de você, com certeza começa a pensar duas vezes antes de falar qualquer coisa.

5 – Ele sempre me bateu

Se ele te agredir, o melhor é começar a pensar na relação. Nunca aceite qualquer agressão física (claro, involuntária). Isso é o ápice da falta de respeito.

E você, já fez alguma coisa de absurda na hora da briga com o seu namorado(a)? Conte aí!

Autor: - Categoria(s): Posts antigos Tags:
Voltar ao topo