Publicidade

Publicidade
24/04/2008 - 14:05

Depois do perdão, vem a solução?

Compartilhe: Twitter

Trair alguém, em um relacionamento, significa quebrar todos os laços de confiança, carinho e respeito que existem entre as duas pessoas e se envolver com um terceiro. A traição pode acontecer em qualquer relação e, apesar de muito dolorida, ela pode ser o ponto que irá fortalecer ou definir de vez o namoro.

Na visão míope e corriqueira, a traição ocorre quando há algum tremor na base do relacionamento. Ou um dos lados não quer mais ou é só diversão. Quando acontece, o lado traído sempre é o prejudicado pela visão de todos e todos atiram pedras no traidor. De culpa, todo mundo tem um pouco. Quando o ato ocorre, há duas opções: desculpar e limpar de vez os panos do relacionamento, já que ele chegou no seu limite, ou colocar de vez um ponto final.

Para a psicóloga Ana Estela, o fator ‘infidelidade’ está presente em todos os relacionamentos. “A traição pode surgir por insatisfação sexual, pela busca da pessoa ideal, por chateação, vingança, desejo ou simplesmente por carência. Se a balança pesa de um lado, a pessoa vai procurar em outra o que sente falta”, afirma.

Perdoei. E agora?

Quando você perdoa alguém de uma pulada da cerca, além de todo o amor que você sente pela pessoa, uma coisa tem que ficar acima de tudo: confiança. Depois da quebra de vários valores construídos juntos, se você acredita que a pessoa irá mudar por causa do deslize, deve acreditar em tudo o que ela fala e não querer se vingar ou coisa do tipo. Simplesmente coloque em sua cabeça que tudo pode ser diferente.

Thaís, de 22 anos, diz que, depois de traída, ganhou um novo namorado. “Ele foi pra balada sozinho, voltou e ficou estranho, obviamente, desconfiei e forcei a revelação. Até que ele me contou. Eu perdoei e, depois disso, virou um fofo comigo. Nunca mais saiu sozinho e nossa relação melhorou muito. Até onde sei, nunca mais rolou traição. Da parte dele, pelo menos…”.

Já Juliana, também de 22 anos, nem namorar namorava. Ela simplesmente ficava com um carinha e tinham um relacionamento bem aberto. “Por ele ter chegado em mim e contado a verdade, deu pra ver que ele gosta de mim e que eu podia confiar. Foi legal e a gente tinha uma comunicação bem aberta. Pena que acabou, um dia, por qualquer outro motivo”.

Lia, de 18, foi o Judas da questão. Ela traiu e foi descoberta, depois disso, arcou com as conseqüências. “A relação ficou frágil, ele começou a me controlar, ir comigo para todos os lugares, sempre queria saber onde eu estava etc.. E além de tudo, qualquer briguinha virava uma brigona”.

Em três situações diferentes, dá para perceber que cada relacionamento tem um tipo de resolução. Para Thaís, a traição foi boa, pelo menos para ela, já que o garoto se transformou em outro tipo de cara. Dá pra notar, aí, que a pessoa gostava realmente dela. Já para Juliana, que tinha um relacionamento diferente e não tão sério, a traição foi só uma maneira de ganhar confiança na palavra do cara. Lia foi a mais prejudicada, já que, ao que parece, os dois não conseguiram ‘acreditar’ em um novo começo após o tumulto.

E os garotos, aceitam?

Para os meninos, tachados de sem coração e nada sentimentais, a traição pode ter peso no relacionamento também. Rafael não perdoaria de jeito algum. “Se me traiu, é que não está mais feliz comigo. Na hora quebra o encanto e por mais que eu gostasse dela, nunca iria conseguir olhar de novo sem imaginar o cara beijando minha garota”, relata.

Por sermos mais ‘brutos’ e ‘insensíveis’, a traição geralmente é um grande motivo para acabar de vez com o namoro.

Lucas sabia que era traído, mas nunca teve isso exposto de forma oficial. “Eu sabia que ela me traía, mas nunca me contou. Então comecei a trair também, faz bem, só que eu fazia pior. Traia com uma, duas, três…”.

Já para Henrique, a traição foi um baque muito grande, mas, por amor, ele resolveu manter o relacionamento. “Eu respirei, gosto muito dela, então resolvi perdoar. A gente amadureceu, tanto eu, quanto ela. No começo acreditei que era por minha culpa, por eu não ser bonito o bastante e nem corresponder a ela. Depois, vi que os dois erraram muito. Hoje a gente briga de vez em quando, mas melhoramos muito”.

Querendo ou não, quando se perdoa, ambos sofrem muitas mudanças e começam outro tipo de relacionamento. Daí vai depender da força de vontade dos dois para fazer funcionar e não acontecer de novo ou não. Se você for igual ao Lucas, cuidado para não se enganar: isso não lhe faz bem, só mal. Afinal, quem é que gosta amar alguém e ter que ficar com outras pessoas para ‘equivaler’ às atitudes do outro? É uma troca injusta, né?

Agora conta aí nos comentários, você perdoaria? E já perdoou? Se sim, conta aí pra nós o que aconteceu!

Autor: - Categoria(s): Posts antigos Tags:

Ver todas as notas

48 comentários para “Depois do perdão, vem a solução?”

  1. sabrina disse:

    eu começei a namorar com um cara masi ele nem ligava pra mim,ai eu trai ele,passou muito tempo,ele ficou um doce mais depois ele me traiu,uma traiçao dolorosa q envolvia sexo tambem,e eu nao esperava isso dele,ai eu descobri e ele mentiu,mais depois ele me confesso,dai vieram as brigas constantemente e depois ele fico com ela na minha frente.Depois ele veio me pedir perdao ,me pediu em casamento.Eu perdoei,mais ate hj eu penso em me vingar dele,e nunca esqueço disso,e eu to sofrendo muito,nao sei o q fazer.

  2. claudia vieira disse:

    fui traída inúmeras vezes qdo namorava(10 anos de namoro)
    1 ano de noivado e mais traições, mas como era virgem, a disculpa foi sempre a mesma, = te amo, mas tenho necessidades(pura mentira,ou desculpa)4 anos casada, com um filho de 6 meses, uma traição, q num consigui provar e que ficou sendo criação minha(nas desculpas dele)mais uns anos de feliz casamento e outra , e outra, e eu nunca consegui provas, e sempre me desmascarndo.. …20 anos de casada, e descubro um filho de 6 anos com uma mulher q quase me matou. Se dizia moderna e que num amava meu marido e que só teve um filho dele, produção indepen dente e….pior….eu, atrasadérrima, por não aceitar. Dizia tb q eu era princesa q deixei o lobo mal comer a chapeuzinho, e outras provocações irônicas, como se os traidores, fossem vítimas de uma pessoa ingênua(eu), q fingiu todo o tempo não saber da relação dos MODERNOS. final da história, tenho q conviver com um homem q se diz vítima da própria “caça”, e…que quer perdão e aceitação do filho, q é autista, e que não tem culpa dos erros dos dois………….
    Espero ter ajudado ….foi só um exemplo, perdoem se quiser….as consequências virão de qualquer jeito….mas não se esqueçam os religiosos, que = DEUS SÓ NOS DEIXOU 10 MANDAMENTOS….traição, num é um deles…bjin

  3. juh disse:

    eu perdoei meu namorado,mais não foi de traição foi de mentiras,no começo do namoro acho que ele gostava da ex porque ela tinha terminado c ele mtu recente, ele devia tar machucado e eu q saia perdendo pois mentia muito pra mim, muito mesmo, as pessoas me contavam eu ia perguntar pra ele chorando e ele sempre me fazia acreditar nas explicações dele.
    Hoje, depois de uns 3 meses acho q ele não ta mentindo mais desde um dia q disse q não mentiria mais pra mim, mais minha ficha ta caindo é agora! penso que eu tava gostando dele e que também eu era muito engênua,e que ele aproveitava disso pra mentir pra mim…ta me dando raiva dele, como pode ser tão falso c uma pessoa q nunca tinha feito mau algum pra ele!
    minha vontade é me vinga pois me sinto tão mau porisso, mais tenho medo de fazer coisa errada pois acho q não ta mentindo mais minha mágoa é grande. O q faço???? beijão

  4. JLG disse:

    Bom descobrir que minha mulher me traiu, até cheguei a filmá-la, entrando em um motel. Sofri e continuo sofrendo um pouco, ou seja a ferida está cicatrizando,mas dei a voz ao coração, pedoei-a e hoje ela é outra mulher. Sei que temnho uma parcela de culpa.Ela Errou grave.Procurei ajuda de terapeutas, hoje, o relacionamento está se fortalecendo.Agora tenho meios para descobrir outras,dá segunda vez,não tem perdão

  5. Maria João disse:

    Eu namoro a 2 anos e eu nunk confiei nele, quando comeceia tentar confiar descobri que eli tinha um orkut com fotos e recados de muitas mulheres e eli disse que esses orkut não é dele, por favor me ajudem o que posso fazer? Perdou-o ou não???
    Mas eu ainda o amo muito e eli fik dizendo que me ama e que é louco por mim e que nunk me trairia!

  6. Érica disse:

    Meu namorado me traiu e eu perdoei!
    Fiz certo?

  7. BRUNA disse:

    BOM NOS PRIMEIROS MESES DE NAMORO ERA UM MAR DE ROSAS. DEPOIS COMECEI A SABER QUE ELE ESTAVA SAINDO COM OUTRA MENINA SO QUE ELE NUNCA ADIMITIA QUE ESTAVA COM ELA. PASSARAM-SE ALGUM TEMPO E FIQUEI SABENDO QUE ELE ESTAVA SAINDO COM OUTRA MENINA E PENSANDO QUE ELE JÁ TINHA DISPENSADO A OUTRA E ISSO ELE NUNCA ADIMITIU QUE HAVIA FICADO COM NENHUMA E ISSO ELE ESTAVA FICANDO COM AS TRES EU E AS OUTRAS DUAS .PASSOU UM ANO DE NAMORO E ENGRAVIDEI DELE .QUANDO ESTVA COM SEIS MESÊS DE GRAVIDEZ ELE ENGRAVIDOU A SEGUNDA MENINA QUE ESTOU FALNDO A CIMA QUANDO EU ESTA COM 8 MESES A GENTE FOI MORAR JUNTO E ELE CONTINUAVA A MENTIR QUE O FILHO NÃO ERA DELE .PASSARAM=-SE 6 MESES E U ME SEPAREI DELE DEPOIS DISSO TUDO AGENTE AINDA CONTINUA JUNTO E HOJE EM DIA JÁ FAZ 3 ANOS E 6 MESES O QUE DEVO FAZER COM ESSA SITUAÇÃO TODA QUE PASSEI …SÓ QUE HOJE ELE ADIMITI QUE O FILHO É DELE…SÓ QUE AINDA CONTINUA COM AS 3… O QUE DEVO FAZER ?

  8. bethovem disse:

    Deve-se ter em mente que o homem antes de casar já teve vários relacionamentos e atualmente as moças também. O que é trair? É ter outro relacionamento sexual sem ser com a companheira ou companheiro? Isto é só mais um prazer. Assim como experimentar uma nova sensação. Vejo que trair, é desvaser uma confiança em definitivo. Não se deve jogar tudo fora por um momento. Quem ama perdoa e se não perdoar é porque não amava.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo