Publicidade

Publicidade

Arquivo de outubro 25th, 2007

25/10/2007 - 14:08

Por que eles só pensam “naquilo”?

Compartilhe: Twitter

Dando um gancho ao post no blog Melhores Amigas, onde uma leitora quis saber a melhor maneira de lidar com um garoto que só quer saber de sexo, vem a pergunta: por que eles só pensam naquilo? Porque é bom, uai! Acho que essa é a maneira mais direta e sincera de explicar por que nós, meninos, pensamos tanto em sexo – mas isso não quer dizer que vocês, garotas, também não pensam nisso. O problema é que, geralmente, os garotos acabam levando a culpa pela imagem que, sem querer, acabam criando sobre si próprios. Aquele ‘só’ que está no título generaliza tudo. Nós não somos vazios e não pensamos exclusivamente em sexo, porém, ele está presente em boa parte dos nossos pensamentos.

Na adolescência é mais do que normal um menino pensar em sexo 24 horas por dia. Essa é aquela fase da vida em que estamos descobrindo o nosso corpo e o sexo e, por isso, acabamos vidrados no ato sexual – e vale tanto para a masturbação quanto para o sexo, de verdade. Mas é o seguinte: garotas, não pensem que somos maníacos sexuais e que ficamos imaginando como seria uma noite na cama com vocês o tempo todo. Apesar de querermos muito, é possível controlar e deixar a relação rolar naturalmente, até chegar o momento certo.

Outro fator bem importante é que quando estamos rodeados por amigos, a conversa sempre vai para o lado sexual. Daí começamos a falar, falar, falar ( e mentir, mentir, mentir ) e alguma garota ouve, assim, sem querer, o que estamos falando. Por isso que vocês acabam criando essa imagem sobre nós, os meninos maníacos sexuais.

A diferença, na verdade, está na forma de pensar de cada um. Meninas são mais desencanadas com relação ao sexo, enquanto os garotos ficam imaginando como será a primeira vez. E a segunda, e a terceira… Conforme vamos crescendo, esses pensamentos acabam ficando para segundo plano (mas eles nunca somem).

“Eu acho que eles pensam muito em sexo, mas não sempre. Depende muito do garoto da relação, das pessoas que estão perto e tudo mais”, diz Talita, de 19 anos. Para Rodrigo, a coisa é bem mais simples. “Não pensamos só em sexo, mas ocupamos boa parte do dia com esses pensamentos. A mulherada gosta da mesma coisa que a gente, mas elas não saem por aí dizendo, são mais reservadas”.

Eu acho que os dois estão certos. Todo mundo pensa em sexo, os garotos só acabam deixando isso mais explícito. Afinal, como eu disse lá no começo, se é bom, por que não gostar?

Autor: - Categoria(s): Posts antigos Tags:
Voltar ao topo